quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Irmã Isaura: mensagem para Santa Maria.

Recebi, em meu celular, instantes atrás, uma ligação de Brasília (DF). Do outro lado da linha um moço perguntou: "- Major Medina?" Sim. "- A irmã Isaura quer falar com o senhor. Vou passar o telefone para ela."

Irmã Isaura falou. Pediu que agradecesse a minha filha Natália pelas bolsas de viagem que compramos e demos de presente a ela quando esteve em Porto Alegre, em 24 de outubro do ano passado. Em seguida, disse que o assunto principal de sua ligação era a tragédia ocorrida com os jovens, em Santa Maria. Leu a Zero Hora no Aeroporto Internacional de Brasília, onde esta.

Transcrevo a seguir, palavras da irmã Isaura:

"Deus falou comigo. Os jovens que morreram em Santa Maria estão amparados. Eles têm o perdão de Deus, das faltas que cometeram pela pouca idade que tinham. Eles serão ressuscitados na primeira ressurreição do Senhor. As famílias das vítimas podem se consolar. Ter a esperança e a fé de que seus filhos já não são mais desse plano terreno, mas do Mundo de Deus".

Isaura Lima Lopes é conhecida dos gaúchos. Esteve entre nós na segunda quinzena do mês de outubro do ano passado, morando, por vinte dias, no Aeroporto Internacional Salgado Filho. A missionária foi destaque no jornal Zero Hora, jornal do Almoço e Clic RBS pelo seu trabalho de evangelização nos aeroportos do Brasil, há mais de vinte anos.

Ao final da ligação agradeci a Allain Borgma, funcionário da farmácia Aerofarma (61 3365-2205), 37 anos, cuja mãe é natural de Santa Rosa (RS) pela gentileza de ser o interlocutor entre eu e a irmã Isaura que não ouve.

Depois de falar comigo devolveu o celular ao Allain (61 8179-7090) que transmitiu a dona Isaura minhas palavras, embargadas de emoção.

Aroldo Medina

Nenhum comentário:

Postar um comentário