sexta-feira, 30 de junho de 2017

Freeway: BR 290 trecho Porto Alegre - Osório.

Melhor rodovia gaúcha. Foto: Felipe Vieira.

Ouvindo o noticiário hoje, tomei conhecimento de que a concessão da administração privada da rodovia BR 290, no trecho Porto Alegre até Osório (RS), para a empresa TRIUNFO CONCEPA, esta terminando. Utilizo esta rodovia, frequentemente, nos últimos 20 anos.

Esta estrada foi inaugurada, em 1973 e passou a ser administrada pela CONCEPA, em 1997. Desde que assumiu a administração, a estrada sempre passou por melhorias constantes. É notória a qualidade da manutenção e as benfeitorias feitas neste trecho da rodovia, nas duas décadas de administração da CONCEPA.

Se fizermos uma viagem na memória dos nossos deslocamentos pela Freeway, vamos lembrar a euforia que foi dirigir legalmente, a mais de 80 Km por hora. Estrada boa, dá para andar um pouquinho mais rápido. As pistas foram sendo ampliadas, o asfalto recapado com qualidade, ótima sinalização, construção de viadutos, acessos, refúgios e divisórias centrais, instalação de câmeras de video monitoramento e iluminação para melhorar a segurança, serviços de emergência, ambulância e guincho, socorro mecânico, vários guichês de cobrança de tarifa funcionando para diminuição das indefectíveis filas, etc.

A bem da verdade, não conheço consórcio empresarial no Rio Grande do Sul que administre uma rodovia, com tanta seriedade, comprometimento com a missão e profissionalismo. Esta comprovação é baseada na excelência e durabilidade das obras que, permanentemente, são feitas nesta estrada, a olhos vistos de quem se desloca por ela.

O fluxo de veículos nela é intenso. Já pararam para pensar quantas vidas humanas foram salvas pelas melhorias que a Freeway passou nestes últimos vinte anos? Atrevo-me a estimar em dezenas. Talves, centenas. Vale cada centavo que pagamos no pedágio que sempre esteve entre as tarifas mais baixas, quando comparamos com outras praças de pedágio.

É claro que o ideal era não pagarmos pedágio, mas com os desgovernos que temos, gastando sempre mais do que arrecadam e, nos sobrecarregando de impostos, dou o braço a torcer e, prefiro pagar um pedágio razoável para trafegar com mais segurança. E este dinheiro que pagamos para a CONCEPA, sempre foi muito bem investido na própria rodovia, fazendo jus, a empresa, ao lucro pelo seu trabalho com qualidade exemplar, gerando dezenas de empregos.

Preocupa-me o término desse contrato, pois, podemos ficar sem a CONCEPA, principalmente porque nessas horas em que o Governo deveria mostrar mais boa vontade e empenho, na renovação de um contrato de sucesso, faz-se de morto, jogando para a torcida, demagógicas propostas de redução de tarifas. Como se fosse possível a uma empresa idônea e que deve pagar seus impostos em dia, baixar seus custos no grito, especialmente no conturbado momento econômico que vivemos.

Aroldo Medina

Acesso a Porto Alegre via Freeway

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Implosão do Governo Temer

O governo do presidente Michel Temer implodiu. A bomba "T", com alto poder de destruição governamental, foi detonada ontem, após o jornal O Globo publicar reportagem do seu colunista Lauro Jardim.

A reportagem afirma que os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos do maior frigorífico brasileiro, o JBS, incriminaram o presidente Michel Temer, dizendo ter uma gravação onde Temer avaliza suborno para manter o ex deputado federal Eduardo Cunha, em silêncio. Cunha mantem-se calado, desde que foi preso.
Wesley e Joesley

O gabinete da Presidência da República divulgou nota negando a denúncia. A negação da corrupção nos governos brasileiros é comum, porém, todo cidadão brasileiro, com um mínimo de discernimento político, sabe que os governantes executivos e legislativos pegos no flagra, mentem, negando até a morte a sua culpa dolosa.

O Governo Temer acabou. As reformas políticas em andamento, previdenciária e trabalhista, também. O Congresso Nacional vai virar uma arena de guerra, uma na Câmara e a outra no Senado, a partir de hoje, com torcedores nas ruas, reproduzindo o clima das casas legislativas. Os deputados e senadores de oposição vão a revanche contra os governistas. O sangue vai espirrar na cara dos brasileiros que vão assistir a economia desandar, como um merengue mal batido.

Temer não renuncia. Os que se agarram ao poder e aos cargos ao seu redor vão jurar para o presidente que não vai dar nada até o seu impeachment ou o STF achar uma solução para mais um nó górgio, na garganta dos brasileiros.

Aroldo Medina

Lauro Jardim.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Canoas Tae Kwon-Do Clube

Mestre Celso Carvalho preside o Canoas Tae Kwon-Do Clube. A sede da sua academia de artes marciais fica na avenida Rio Grande do Sul, nº 477, bairro Mathias Velho, em Canoas, ao lado da Igreja São Pio X.

Há mais de três décadas o professor Celso ministra aulas de artes marciais para crianças, jovens adolescentes e adultos, de ambos os sexos. E, engana-se quem pensa que artes marciais é apreender a bater nos outros. Mestre Celso e seus professores ensinam disciplina aos alunos para cuidarem da sua própria saúde física e mental, apreendendo movimentos que educam a mente e o corpo a se defenderem em situações de emergência.

Mestre Celso, faixa preta, 6º Dan, explica que o Tae Kwon-Do é uma arte marcial de origem coreana com mais de dois mil anos de existência que chegou ao Brasil, em 1970, através do mestre Sang Min Cho, no Estado de São Paulo. No RS chegou com o mestre Yung Man Kim, em 1974, na cidade de Porto Alegre. O Tae Kwon-Do foi incluído nas Olimpíadas a partir de 1994.

Nas palavras de mestre Celso, professor de centenas de alunos em quase 40 anos de atividades, destaca que os pais de hoje em dia, devem estar sempre atentos a proporcionar aos seus filhos, ensinamentos que sirvam para toda vida. Alerta os pais que o Tae Kwon-Do é uma excelente atividade para tirar o filho de "dentro do quarto" de sua casa, onde o computador enclausura crianças e jovens adolescentes, levando-os a uma vida mais saudável e sociável, fora da Internet.

Aroldo Medina

Professor e aluno formam célula mater do Tae Kwon-Do.

terça-feira, 18 de abril de 2017

BANRISUL: VENDE-SE.

Caminhando hoje de manhã, no Centro de Porto Alegre, o adesivo nesse carro chamou minha atenção. Achei que a venda do Banrisul era um caso superado. Ingenuidade.
Ao longo do dia, recebi um vídeo, esclarecedor, cuja síntese é: há 20 anos a dívida do RS com a União era 9 bilhões. Hoje é de 52 bilhões, mesmo depois de serem pagos 25 bilhões.
Há uma negociação em curso, entre os atuais governos federal e estadual, chamada de regime de recuperação fiscal que EXIGE do RS, a venda do BANRISUL e da CORSAN, verdadeiras "galinhas dos ovos de ouro", para conceder ao Estado, a suspensão do pagamento da dívida, por apenas três anos, com juros módicos de TRINTA BILHÕES DE REAIS.
E, "plin", a dívida do RS passa a ser de R$ OITENTA BILHÕES.
Os interessados na compra das nossas galinhas gordas e bem douradas, já se articulam em reuniões secretas com os vendilhões do templo, para "ajustar" a divisão dos ovos.
A CORSAN vendida para iniciativa privada, também vai fazer "plin" na nossa conta de água que no curto prazo, terá seu valor multiplicado três vezes.
Vamos ficar quietos?

Aroldo Medina


RS deve 52 bilhões

video

Negócio de português: pega emprestado nove, paga 25 e ainda deve 52 bilhões e, pensa em suspender o pagamento da dívida por três aninhos e passa a dever 80 bilhões. Palmas!!!

sexta-feira, 31 de março de 2017

Aniversário.

Grato a todos pela lembrança e generosidade das palavras que colhi no abençoado dia de hoje. Rogo a Deus, ao mestre Jesus e suas Cortes Celestiais que dividam com todas as pessoas, os fluidos positivos emanados por corações inspirados no amor ao próximo, recebidos nessa data tão especial.

Retribuo as felicitações, com uma lembrança: a ciência de que nossa vida sem esperança é como um barco a vela, num mar sem vento.

Força e Honra! Fraterno abraço, a todos.

Aroldo Medina


quinta-feira, 30 de março de 2017

Líderes do amanhã.

Revendo as fotografias que ilustram esta postagem, da época que minha filha Natália Medina passou a presidir o Grêmio Estudantil do Colégio La Salle Canoas, em 2010, parei para pensar... Onde será que estão sendo formadas as lideranças das futuras gerações que irão governar o Brasil?
A resposta é mais simples do que se possa imaginar. Essas lideranças começam a ser formadas em nossa própria casa, no seio de famílias onde o pai e a mãe exercem o papel fundamental de amar os filhos, de educar eles, impor limites com disciplina clara, ensinando o conceito de autoridade, estimulando sua "inteligência analógica", sem esquecer de uma boa educação espiritual.
Devem os pais lembrar de gravar na educação dos filhos, desde sua primeira infância, os valores que devem compor o caráter de honestidade permanente que faltam nos políticos de hoje, começando por si próprios, dando o exemplo. " - A palavra convence, já o exemplo, arrasta".
Fraterno abraço a todos. Deus esteja sempre entre nós.
Aroldo Medina