terça-feira, 28 de junho de 2011

Rigotto: Para Além do Berço Esplêndido.





Foi hoje, às 19 horas, no agradável ambiente da Livraria Cultura do Shopping Bourbon Country, em Porto Alegre, o lançamento do livro Para Além do Berço Esplêndido de Germano Rigotto, Editora AGE.

O governador estava prestigiado. Fiquei uma hora e meia na fila, aguardando minha vez para receber o autógrafo do escritor. O tempo de espera passou rápido, com conversa, salgadinhos, vinho, docinhos e refrigerantes. Na fila, um encontro de amigos, políticos, peemedebistas e fãs de Rigotto.

Logo ao chegar no shopping, encontrei o governador Tarso Genro já de saída, caminhando compenetrado, ao lado de seu staf. Parei a sua frente. Levantou a cabeça, olhou-me firme, esboçou um sorriso sincero e cumprimentou-me com muito cavalheirismo e um abraço que retribuí com satisfação. "- Veio no lançamento do livro do Rigotto? Major Medina". Perguntou o governador. Respondi que sim. Nos despedimos e seguimos nossos caminhos.

Aroldo Medina

Workshop da Corregedoria Geral da BM






A Corregedoria Geral da BM reuniu hoje, comandantes de Unidades Operacionais, oficiais e praças que trabalham na correição da corporação, ligados aos Comandos da Capital, Região Metropolitana e Vale do Rio dos Sinos, para um ciclo de estudos relacionados as funções de Polícia Judiciária Militar.

O sub-comandante geral da BM, coronel Altair de Freitas Cunha abriu o trabalho que se estendeu durante todo o dia, falando de maneira descontraida. Aprofundou o debate focando com firmeza a função depurativa que deve ser exercida pela corregedoria dentro da Brigada, destacando que o ponto de partida dos trabalhos deve sempre começar pensando no melhor resultado para a sociedade.

Ao término do evento ocorrido na sede do Comando Ambiental da BM, na avenida Bento Gonçalves, em Porto Alegre, os participantes do encontro receberam um certificado de comparecimento ao ciclo, junto com um CD com o conteúdo das palestras.

Major Aroldo Medina
Corregedor Regional da BM, no Vale do Rio dos Sinos.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Encontro com lideranças do PMDB Gaúcho





Recebi convite do presidente do PMDB Porto Alegre, Sebastião Melo, para fazer uma visita ao líder, na sede do Diretório Metropolitano do Partido, na capital, onde compareci nesta noite.

Fui recepcionado pelo vereador Sebastião Melo ao lado de José Fogaça. Senti-me honrado com a deferência e cavalheirismo dos próceres peemedebistas. Na pauta central, as eleições de 2012.

Não pude perder a oportunidade de perguntar se o PMDB teria candidatura própria a prefeitura de Porto Alegre. Fogaça respondeu que o PMDB tinha um compromisso com a continuidade dos projetos do Governo Fortunati pelo bem da cidade.

Sua resposta séria e ao mesmo tempo altruista, com foco no bem estar do cidadão portoalegrense, deu-me a certeza de que, coerentemente, a tendência do PMDB é apoiar Fortunati na sua reeleição, desde que o atual prefeito de Porto Alegre saiba valorizar este apoio e retribuir com coerência, a lealdade do PMDB.

Levei minha filha Natália, 14 anos, no encontro. Além de ouvir a conversa, colaborou como fotógrafa.

Aroldo Medina

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Uso de celular x Prejuízos a saúde humana.


Estou entre as pessoas que acreditam que o uso frequente do telefone celular pode comprometer a saúde humana e até mesmo ser comprovado como causador de câncer.

Ninguém me tira da cabeça que a exposição continuada a micro radiação afeta a saúde de nosso cérebro.

Aroldo Medina

Reportagem

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Bullying e redes sociais, reportagem ZH.



Por coincidência, abordei aqui e no twitter, na semana passada, tema similar a esta oportuna reportagem de Zero Hora, motivado por um caso real recente.

A leitura desta matéria bem objetiva, informa a possibilidade de pagamento de indenização a quem sofre agressões ou preconceitos em redes sociais de Internet.

Na reportagem de ZH de hoje, importante destacar ainda que o bolso dos pais de adolescentes esta ao alcance da lei, caso ignorem manifestações preconceituosas ou mesmo incontinências verbais dos cyberfilhos publicadas nas redes.

Uma simples navegação nos twitts ou mesmo visitas em determinadas comunidades virtuais dos jovens internautas deve tirar o sono de muitos pais depois de ler esta reportagem.

Aroldo Medina