sexta-feira, 30 de julho de 2010

CQC


"- Há!!! Tá zoando com a minha cara..." Sugeriu minha filha Natália esta frase quando eu olhava para a tela do computador, editando essa postagem.

Depois de achar que iria ser "fuzilado" pelo bem humorado e carismático Rafael Cortes, do CQC, cedi à entrevista. Escolhi o Memorial do RS, na Praça da Alfândega, no Centro de Porto Alegre para conversar com o famoso "homem de preto" da televisão brasileira.

O quadro "Por que quero ser governador" testou meus conhecimentos em história do RS, no "CQ Teste". Respondi cinco das dez perguntas formuladas. No final, sentindo-me espremido pelo teste e ganhando apenas 10 segundos para finalizar, quiz citar Sócrates (470-399 a.C.). Bloqueei no meio da citação e o Rafael não perdoou, "buzinou" e sentenciou que o tempo estava esgotadoooooo!!!!!

Fiquei olhando o entrevistador com aquela cara de tacho. Tentando achar na minha memória o resto da frase que não saiu: "- Só sei que nada sei e esse fato me coloca em vantagem sobre aqueles que acham que sabem alguma coisa". Grande Sócrates!

A entrevista vai ao ar, a partir da próxima segunda-feira, dia 02 de agosto, às 22 horas, na TV Bandeirantes.

Aroldo Medina.

Entrevistas no Grupo Bandeirantes de Rádio e TV.




O dia hoje foi de inserção na mídia gaúcha, como candidato ao governo do Estado.

Foram três entrevistas no Grupo Bandeirantes de rádio e TV. Comecei de manhã cedo no programa RS Acontece, onde durante sete minutos respondi as perguntas formuladas pelo jornalista Sérgio Stock.

Depois foi a vez de participar do programa do Ozíris Marins na rádio que entrevistou-me ao lado dos articulistas Afonso Ritter e Adão Oliveira.

Concluí os trabalhos na Band participando do programa do Felipe Vieira e do Diego Casagrande que sou assíduo espectador.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Desorientado segue o mundo...


Pare O Mundo Que Eu Quero Descer é o título daquela música do Silvio Brito que também poderia ser muito bem do Raul Seixas. Tem uma estrofe que diz assim: "- Tá tudo errado, Oh! Oh! Tá tudo errado, Desorientado segue o mundo, E eu não posso mais, Ficar parado..."

Fiquei tão irado que virei até compositor. Hoje tive vontade de pedir para parar o Mundo pra eu descer ou quem sabe arrumar carona num disco voador... Virei homem invisível e viajei de Calypso até lembranças juvenis. Escurraçado, lembrei do ginásio, onde no futebol, não tinha vez. Retrato colorido, cabelo lambido, mangolão desajeitado, andar de pato, guarda chuva no braço, com livro e mala nas mãos, calça poída boca de sino, conga nos pés.

Rui Barbosa de araque, dom Quixote de lata, Forrest Gump brasileiro, águia no puleiro, Pitágoras apaixonado, Sócrates no coração.

Tem que pagar para viver

Visconde de Sabugosa Medina.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Mensagem de apoio.

Amigo Medina,

Ontem enquanto trocava de canal acabei parando no Ulbra TV e não pude deixar de assistir a brilhante entrevista do amigo. Escrevo para parabenizá-lo, pois, a entrevista foi realmente muito boa, clara e objetiva. Parabéns. Tenho certeza que sua campanha será um sucesso

Grande abraço

Arquiteto Marcos Laurino

|51| 9356.1314
|51| 3061.3031
IDÉIA1 ARQUITETURA LTDA

Breve histórico e perfil da candidatura.


Insatisfeito com o cenário político em nosso Estado, aceitei convite do coronel de infantaria do Exército Brasileiro, Sérgio Sparta, para concorrer ao governo do RS.

É a segunda vez que concorro à governador. A primeira vez foi em 2002 quando fizemos juntos quase 100 mil votos. Doze candidatos disputaram o pleito.

O coronel Sparta, meu candidato à deputado federal nesta eleição, nº 4411, fundou o Partido Republicano Progressista no RS, na semana Farroupilha do ano passado.

É um partido novo e, por ser novo, tem a vantagem de poder agregar pessoas qualificadas do quadro de funcionários do Estado e da própria iniciativa privada para compor um novo governo.

O PRP reúne pessoas integras, descontentes com o tipo de política que estamos acostumados a conviver. Convidei o Ariel, meu colega de trabalho, policial exemplar, para me acompanhar neste projeto, como nosso candidato à deputado estadual, nº 44.222. Se não reagirmos tudo continuará como está.

Em resumo, defendemos o liberalismo, respeito aos direitos humanos e a propriedade, manutenção do Estado democrático de direito, da lei e da ordem, economia de livre mercado, sem aumento de impostos e sem descuidar de programas sociais, entre eles: escolas regionais de turno integral, com cursos profissionalizantes.

Em minha nova campanha, defenderei com força total, combate rigoroso a criminalidade, a violência e a corrupção, ao lado da defesa incondicional de maior orçamento para educação.

Quero um governo caracterizado pelo respeito ao cidadão e a participação das pessoas. Administração pública inteligente realizada com disciplina militar, fiscalização rigorosa de obras e serviços públicos, com acentuado controle de despesas. Valorização do funcionário público com melhor salário na educação e segurança pública e, investimento regular em sua formação e treinamento.

Na saúde não vamos improvisar. Foco em medicina preventiva e assistência médica planejada, gestão com mais tecnologia e inteligência. Hospitais e postos de saúde com informações integradas e prontuário eletrônico do cidadão, a ser implantado de maneira gradual.

Para desenvolvermos estas e outras políticas de governo e de Estado preciso do teu voto e, sendo merecedor da tua confiança, a multiplicação dele, passando para os contatos da tua mala direta, esta proposta de trabalho integrado.

Cordial e forte abraço,

Aroldo Medina.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Visita ao Denis


Hoje à tarde visitei Denis Roselfield, filósofo e cientista político. Conheci o Denis em 2002 quando fui candidato ao governo do Estado do RS. De lá para cá tive o privilégio de me tornar seu amigo.

A conversa sempre flui solta, no melhor estilo da hospitalidade gaúcha mais tradicional. Sua equipe de apoio administrativo é igualmente muito gentil, em seu escritório de bela vista no bairro Menino Deus, em Porto Alegre.

Conversamos sobre política, para variar. Fui até o carismático escritor com a finalidade de incorporar mais saber intelectual, em minha segunda caminhada ao governo do Estado do RS. Saí fortalecido espiritualmente, com as sempre boas energias do Denis e ainda de cabeça arejada por suas bem vindas idéias.

Aroldo Medina.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Bandidos não escapam da Justiça de Deus.

video
Mais cedo ou mais tarde, os bandidos que lesam a sociedade, diariamente e, não raras vezes escapam da Justiça dos homens, encontram o que merecem por suas maldades.

Depois de roubarem um carro, atirarem na boca do motorista que dirigia o automóvel, os bandidos em fuga, acharam a própria morte no seu caminho.

Acidente na Mato Grosso.




Após cometerem um roubo à mão armada, no bairro Mathias Velho, em Canoas (RS)atirarem contra o motorista do veículo e fugirem no carro roubado, dois bandidos, no cruzamento da rua Mato Grosso com a rua Ceará, colidiram com um ônibus que arremeçou o automóvel roubado contra um poste.

Um dos bandidos morreu no local, poucos minutos depois do acidente ocorrido por volta das 23 horas de domingo. O outro foi levado para o HPS de Canoas.

A energia elétrica foi interrompida instantaneamente na área, com a queda do poste. Equipes da AES Sul compareceram no local com muita rapidez e reestabeleceram a energia após quatro horas de intenso trabalho.

A esquina da rua Mato Grosso com a rua Ceará é perigosa. Só neste final de semana foram dois acidentes graves. É comum a ocorrência de colisões de veículos neste cruzamento. Há muito tempo os moradores solicitam às autoridades de trânsito do município a colocação de redutores de velocidade em ambas as vias.

Quantos acidentes ainda serão necessários para os moradores serem ouvidos?

Aroldo Medina
Morador da Mato Grosso há 30 anos.

domingo, 25 de julho de 2010

Jornal ABC Domingo entrevista Aroldo Medina.


Edição de hoje do Jornal ABC Domingo que integra os jornais do Grupo Editorial Sinos, Jornal NH, Diário de Canoas, Jornal VS e Jornal de Gramado, publica na página 2, entrevista com Aroldo Medina, candidato do PRP ao Governo do Estado do RS.

Confira a reportagem, no link a seguir:

Entrevista

Foto: Clei Moraes. Medina ao lado de Sparta.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Entrevista na Rádio Guaíba


Participei hoje à tarde, na Rádio Guaíba, do programa de entrevistas do jornalista Juremir Machado da Silva e da colunista política do jornal Correio do Povo, Taline Oppitz.

O ambiente no estúdio, muito agradável, possibilitou uma explanação muito tranquila de minhas propostas para governar o Rio Grande. Segurança e educação serão os dois principais eixos de trabalho no novo governo que vamos construir juntos.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Abandonados


Caminhava com minha filha Natália na Borges de Medeiros, no Centro de Porto Alegre, hoje no final da tarde. Nos dirigíamos até o Estúdio Delvaux. No viaduto da famosa avenida portoalegrense, encontramos pessoas dormindo na calçada. Buscavam o teto do viaduto e se encolhiam no meio das cobertas, fugindo do frio que encontrava o furo dos seus cobertores.

A cena era triste. Tirei o celular do bolso e o apontei para os desafortunados. Não se mexeram. Estavam dormindo. Uma senhora parou ao meu lado e sentenciou: "- Olha! Os cachorros estão aquecendo eles. Coitadinhos". Fiquei na dúvida se estava se referindo aos cachorros ou aos pobres moradores da rua.

Aroldo.

As corujas do Carrefour Canoas





Eu amo essas corujas. Pássaros do saber. Elas moram no estacionamento do Carrefour, em Canoas, há mais de um ano. Fazia tempo que eu tinha vontade de fotografá-las. Hoje elas deixaram. Consegui chegar bem pertinho das simpáticas. Ficaram me olhando, como se estivessem me analisando. Imagino que tenham sentido que eu só queria guardar para mim, um pouco daquele instante mágico, bucólico, de uma tarde de inverno, com céu nublado, o casal de corujas posando para a lente da eternidade fotográfica.

As corujas me aqueceram o coração com sua pureza e simplicidade, em meio a um mundo apressado, frio e cheio de vendavais físicos e espirituais.

Espero que a fama não as tire dali. A casa construída no estacionamento, em breve abrigará uma família maior, o papai e a mamãe que ali foram morar, vão ter bebês. Bebês muito corujas para encantar ainda mais nossos olhos e encher de vida, liberdade, esperança e sabedoria, nossas vidas.

Viva a vida em harmonia entre todos os seres criados por Deus. Que Ele nos ilumine, abençoe e guarde sempre.

Aroldo Medina.

Visita à Polícia Rodoviária Federal.





Acompanhado pelo coronel Sérgio Sparta, nosso candidato à deputado federal e pelo tenente Britto, candidato à deputado estadual, visitei hoje pela manhã a Superintendência da Polícia Rodoviária Federal no RS. Fomos cordialmente recebidos pelo superintendente regional, José Altair Gomes Benites.

Na conversa, colhemos os anseios de nossa PRF que, devidamente valorizada, tem vocação para desempenhar com legitimidade e qualidade, função de polícia ostensiva nacional. O salário inicial de R$ 6.000,00 (seis mil reais), atrai candidatos de alto nível intelectual.

O efetivo da PRF é de nove mil policiais no Brasil. No RS trabalham 750 patrulheiros. O ideal seria, no mínimo, 1.300 integrantes. Digno de nota assinalar que esse efetivo foi planejado na década de 80, quando a frota era de aproximadamente 12 milhões de veículos. Hoje a frota chega a de 60 milhões.

Com satisfação ouvimos que a PRF é o órgão policial brasileiro com maior apreensão de drogas e armas no Brasil. Só no Paraná, este ano a apreensão já chega a 43 toneladas de maconha.

Concluímos a visita passando pelo bem organizado Museu da PRF que preserva a memória do policiamento rodoviário da instituição. O espaço evocou saudade em Sparta e Britto que viajaram pelo tempo, lembrando do tempo como batedores motociclistas, onde atuaram ao lado dos bravos do asfalto da PRF.

Redação: Aroldo Medina.

Entrevistas na televisão gaúcha.

Concedi duas entrevistas para a televisão gaúcha que irão ao ar, na próxima semana.

Segunda-feira, passada, dia 19, participei do programa Sabatina, na Ulbra TV. Fui entrevistado pelos jornalistas Guilherme Rockett e Israel de Castro. Esta entrevista irá ao ar, na próxima segunda, dia 26, às 21:30 horas.

Ontem, a tarde, convidado pela TV Assembléia Gaúcha, fui entrevistado pela apresentadora Daniela Sallet que deixou-me muito a vontade no estúdio, com seu carisma pessoal e simpatia.

O programa "Propostas para o Rio Grande", recém estreiado pela TV Assembléia, entrevistará todos os candidatos ao governo do Estado e ao senado no RS, veiculando, nos próximos dias, à meia noite, estas entrevistas.

A TV Assembléia pode ser acessada pela Internet, no link abaixo indicado ou através das TVs a cabo.

ULBRA TV

TV Assembléia Gaúcha

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Visita ao Jornal do Comércio.

Visitamos hoje a sede do Jornal do Comércio, em Porto Alegre. Fomos recepcionados pelo Guilherme, a Luana, da editoria política e a fotógrafa Gabriela.

A nova sala da recepção do jornal está muito agradável. Acolhedora e confortável, deixa o visitante bem a vontade, em um ambiente que concilia o antigo e o moderno. A memória gráfica que decora a sala expressa personalidade.

Na entrevista afirmei disposição em revisar a carga tributária de responsabilidade do Estado, assumindo o compromisso de não aumentar impostos e, gradualmente, diminuir alguns, como da cesta básica do trabalhador. Arroz, feijão e carne, devem ter suas alíquotas baixadas.

Na segurança pública, defendi a participação de Universidades tradicionais, como a PUC-RS e a UFRGS, contratadas, como antigamente, para auxiliar os órgãos de segurança do Estado, na seleção dos novos policiais, civis e militares, agentes penitenciários e peritos criminalísticos.

As escolas de polícia do RS, receberão atenção especial. Estão abandonadas pelo Governo. Quero reforçar o orçamento destinado a elas. Não evoluiram no tempo, não por culpa de seus administradores, mas por descaso e desinteresse governamental. O cidadão tem direito a serviços públicos de polícia mais qualificados, policiais melhores formados, em ambientes mais dignos e modernos.

Na educação, quero reconstruir escolas e abrir novas. Não admito estudantes "enlatados". É uma vergonha colocar professores e alunos dentro de containers, para ter aula. Não vou usar a Brigada como barreira entre o Governo e os professores que merecem melhores salários.

Por fim, afirmei aos nobres jornalistas que readmitirei os 500 técnicos da EMATER demitidos pelo atual Governo do Estado. O produtor rural não pode ficar sem assistência técnica. Sua produtividade será prioridade em meu governo.

Aroldo Medina.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

FEDERASUL

Estive hoje com José Paulo Dornelles Cairoli, presidente da FEDERASUL. Recebeu-me, na sede da sua bem organizada federação, no coração de Porto Alegre, junto com o coronel Sérgio Sparta e o coronel Marco Dangui Pinheiro, expoentes oficiais do Exército Brasileiro.

Falamos sobre política. Cairoli defendeu mais ousadia do governo estadual na redução de impostos e disse que o país deve aproveitar melhor a tendência de crescimento econômico atual, desonerando o empresário de uma carga tributária tão alta. Com mais liquidez, o empreendedor pode contratar mais gente, gerando riqueza para todos envolvidos nesse processo. Houve consenso na conversa.

O anfitrião, um cavalheiro por excelência, encorajou nossa caminhada rumo ao Piratini.

Aroldo Medina

terça-feira, 13 de julho de 2010

O Tribunal de Contas do Estado e a Copa 2014

Participei hoje de um seminário sobre os projetos de Porto Alegre e do Estado do RS destinados a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. O encontro foi promovido pelo Tribunal de Contas do Estado do RS, em sua sede, na capital dos gaúchos.

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, mostrou empolgação e arrojo em sua proposta de aproveitar o evento para modernizar a cidade. A prefeitura vislumbra obras de grande porte e de custos consideráveis. O município vai se endividar. Todos nós esperamos que todo este sacrifício, da dívida que vamos assumir, valha a pena.

O representante do Governo do Estado do RS, foi mais modesto, tímido até, eu diria, nos projetos estaduais. Além do incentivo fiscal anunciado, redução de ICMS para as obras da Copa em Porto Alegre, anunciou alguns programas de capacitação de recursos humanos, na área de hotelaria e estudo de linguas estrangeiras.

O TCE deixou bem clara sua disposição de ser rigoroso no acompanhamento das obras. Antes, durante e depois da sua execução. Oxalá, assim seja!

O ponto alto desta conversa sobre os projetos pensados para Porto Alegre, por conta da Copa de 2014, no Brasil, foi a participação dos jornalistas convidados. Paulo Sérgio Pinto, da Rede Pampa, Ozíris Marins, do Grupo Bandeirantes, Claudio Brito, do Grupo RBS e, Juremir Machado da Silva, da Rede Record. Deram um show de bola, nos argumentos.

Paulo Sérgio Pinto foi didático. Veio com uma palestra bem elaborada, chamando a atenção das autoridades presentes para evitarmos os "elefantes brancos", referindo-se aquelas obras que gastam muito dinheiro público e depois ficam inacabadas ou sub-aproveitadas.

Oziris foi pragmático e certeiro. Falou sem papas na língua, lembrando das obras dos últimos Jogos Panamericanos, no RJ. Os administradores começaram falando em gastos na ordem de 400 milhões de reais e termiraram gastando 4 bilhões de reais, com "obras de emergência", com dispensa de licitação e muita maracutaia.

Claudio Brito enalteceu o papel institucional e prático do TCE, valorizando o trabalho dos funcionários do órgão de fiscalização de contas.

Juremir Machado, poético e criativo, divertiu o auditório com bom humor e inteligência perfurante, como uma "bala" de fuzil AR-15. Brincou dizendo que enquanto enaltecíamos a fiscalização do processo de realização das obras da Copa em Porto Alegre, simultaneamente havia um grupo de malfeitores estudando como burlar as regras.

Por fim, saí me sentindo um fantasma. Apesar de ser candidato ao governo do Estado do RS, em 4º lugar na pesquisa IBOPE, divulgada no último final de semana, o protocolo do bem organizado evento, olhou-me com transparência total. Passou reto, por mim. Aliás, transparência foi a palavra de ordem do encontro.

Aroldo Medina.

domingo, 11 de julho de 2010

Espanha


Jogão de bola. As duas seleções mereceram chegar na final. Espanha e Holanda mostraram amor a camiseta. Os jogadores deram o melhor de si e lutaram como gladiadores sem espada. Usaram a força, sem utilizar de violência. Foram esportistas!

Parabéns aos povos de ambas nações que venceram com técnica e coragem. Servem de exemplo para o esporte mundial e cobriram de glória mais uma história do futebol que encanta corações.

Viva a Espanha! Mereceram sua primeira estrela.

Viva o Brasil! Que possa se inspirar nos espanhóis, suando a camiseta de amor em 2014. Que venham os holandeses, espanhóis e tantas outras nações de fibra e garra como os africanos, para a terra dos brasileiros, onde haveremos de ver nosso Cruzeiro do Sul, com mais uma estrela.

sábado, 10 de julho de 2010

Polícia Rodoviária Estadual


Posto 44



Em nosso retorno de Santo Ângelo (RS), no entroncamento da RS 522 com a RS 342, no município de Ijuí (RS), o coronel Sparta chamou minha atenção para o nome do Posto na beira da estrada. Na hora, pedi para parar o carro e tirar uma foto de lembrança da viagem e, sinal de boa sorte.

Ainda comprei uma cuia no posto, com a logomarca do estabelecimento. Ao mostrar a cuia em casa disseram-me que o porongo era macio demais. Não meti a uncha nele na hora de comprar. O marqueting do número igual ao do partido fez eu esquecer as recomendações da vovó, na hora de comprar uma cuia. Quanto mais duro o porongo, melhor!

Posto 44 - Fone (55) 3331 7515

Aroldo

quinta-feira, 8 de julho de 2010

TASA

Visita a Cruz Alta

Estradas Esburacadas





Trafegar por muitas estradas do interior do RS é como andar em um campo minado: um campo minado de buracos que podem fazer um estrago no veículo, tão grande quanto um artefato explosivo.

É uma vergonha a buraqueira. Na localidade de Chiquito, em Espumoso (RS), trafegar pelo acostamento da BR 332 é mais comum do que andar pelo leito da via principal.

Num posto de Gasolina, conversei com Daniel Botega, 35 anos, motorista de caminhão e agricultor. Não poupou críticas ao governo que massacra o contribuinte com impostos e não aplica na manutenção de estradas como deveria fazer. Reclamou ter estourado dois pneus, na semana passada, depois de passar por um buraco. Disse viajar por todo norte do Estado e nunca viu tanto buraco nas estradas.

Banca do Vanderlei





Em Fontoura Xavier (RS), na beira da BR 386, na altura do quilômetro 273, paramos na Banca do Vanderlei, Vanderlei Portela dos Santos, 38 anos, tendeiro. Com ele estavam o senhor Fermiano Fragata dos Santos Neto, 63 anos e, Valdemir dos Santos, 42 anos, ambos produtores rurais desde criança, como fizeram questão de frisar.

Gente muito boa, simples, de índole pacífica. Da gosto de conversar, pois o aprendizado é garantido, na matéria agricultura. Reclamam da falta de incentivos e programas de apoio do governo para o pequeno produtor rural.

São homens vocacionados para produzir na lida campeira. Lutam contra adversidades climáticas e para não se renderem a empréstimos bancários que sufocam e tiram o sono do agricultor. Merecem muito mais atenção, respeito e assistência técnica dos órgãos governamentais.

Sonho com a oportunidade de governar o Rio Grande, com dignidade e honra. Não frustrarei a expectativa dos gaúchos de terem um governo 100% integro, onde não descuidarei de assistir, adequadamente, o homem do campo.

Café Colonial





Em nossa viagem rumo a Santo Ângelo, saímos bem cedo.

No caminho paramos para tomar um café. O Clei sugeriu que parássemos no Café Colonial Stacke, localizado junto à BR 386, no quilômetro 312, no município de Marques de Souza (RS).

O lugar é ótimo. Mesa farta e produtos de qualidade. Pedimos o "mini café" que de pequeno não tem nada. O gaúcho sai enfastiado se não controlar a gula. Imagina então se o cliente resolve encarar o "café inteiro".

Quem quizer fazer esta parada para matar fome, tem que estar atento. O Café não tem propaganda ostensiva na beira da estrada.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Participação nos debates de rádio e TV.





Afirmo minha disposição de participar de todas entrevistas e, principalmente, de todos os debates de rádio e TV que forem organizados daqui para frente, pelas emissoras gaúchas que reunirem os candidatos a governador do Estado do RS, nas eleições de 2010.

Esta posição é extensiva a todas as entidades educacionais, associativas ou privadas que organizarem debates entre os candidatos a governador.

Coloco os e-mails aroldomedina44@gmail.com e imprensa@prprs.org.br, à disposição dos organizadores desses eventos.

É coordenador de minha campanha o politólogo Clei Moraes, fones (51) 93076844 ou 33469477.

Ontem à noite, tive o privilégio de ser entrevistado no Programa Conversas Cruzadas da TV Com, pelos jornalistas Cláudio Brito, Adriano Barcelos e André Azeredo.

E, hoje pela manhã, no programa Atualidades da Rádio Gaúcha, pelo jornalista André Machado e Rosane de Oliveira.

Aroldo Medina
Candidato a governador do Estado do RS
Coligação PRP - PTC

sábado, 3 de julho de 2010

Reconhecimento popular



Fui até o Foro Central de Porto Alegre, para providenciar uma das certidões exigidas pelo TRE, visando o registro de minha candidatura ao governo do Estado. Na saída do Foro, encontrei três cidadãs sentadas num banco de praça, próximo de onde havia estacionado meu veículo. Aproximei e me apresentei a elas. Foram super atenciosas.

Aproveitei e falei da reportagem de ZH "A Batalha do Voto" e que o jornal veiculava neste dia, matéria sobre os candidatos ao governo do Estado. Poucos segundos depois, elas estavam com o jornal na mão, lendo a matéria.

Ester Fernandes de Oliveira, Rita de Cássia Soares e Nádia da Rosa, funcionárias da Gegê Calçados, localizada na rua Vicente Paula Dutra, nº 111, em Porto Alegre, gostaram da reportagem e se empolgaram ao ver que eu era um dos candidatos. Muito educadas e gentis, motivaram-me na caminhada rumo ao Piratini.

A atenção colhida, nesta ocasião, aumenta minha responsabilidade política com todos os gaúchos. Posturas como esta, se revestem de autênticas aulas de cidadania.

Fotos Delvaux - Divulgação.





Fotos realizadas ontem, no tradicional estúdio Delvaux, pelo amigo David, filho do conhecido retratista que dá seu nome a um dos pontos mais conhecidos da fotografia gaúcha: avenida Borges de Medeiros, 1017, em Porto Alegre.

Especializado no retrato, de pai para filho, o artista dá vida a foto.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

A Batalha do Voto.

10! A criatividade da reportagem de ZH hoje, "A Batalha do Voto", páginas 4 e 5. Encorajou-me ainda mais a enfrentar os adversários, no front desta batalha. Se experiência militar contar ponto, quero liderar os gaúchos para vencer a violência, erguer a bandeira da educação e matar os agentes da corrupção no RS.

A Batalha do Voto

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Jornal A Razão de Santa Maria destaca PRP

Jornal A Razão de Santa Maria destaca em sua edição de hoje, à página 3, aspectos de nossa visita a cidade nesta terça e quarta-feira próxima passada, onde fomos muito bem acolhidos por todos. Característica da cidade: hospitalidade.

Quero fazer um pequeno complemento à reportagem. A função que exerci no Governo Rigotto foi de chefia na Defesa Civil do Estado. E, por fim, onde se lê, no primeiro parágrafo, Adroaldo, meu irmão, deve se ler Aroldo.

A imprensa exerce papel fundamental num processo eleitoral de esclarecimento da população. Sua liberdade de informar deve ser, incondicionalmente, defendida por todos candidatos, quaisquer que sejam suas convicções políticas, exceção feita, lamentavelmente, nas ditaduras.

Link para edição impressa do jornal A Razão

Confiança na Brigada.

Hoje à tarde, fui tirar um extrato bancário na agência Boqueirão do Banrisul, em Canoas. Entrei na sala dos caixas eletrônicos e fui direto até a máquina. Não havia fila. Notei a presença de um cadeirante no local, acompanhado por um menino que estava sentado no chão, junto ao cidadão portador de deficiência física.

Manuseei minha carteira na frente do caixa eletrônico e depois de concluir a operação, dei meia volta para sair da agência quando fui abordado pelo cadeirante. "-Moço, o senhor é brigadiano"? Perguntou o cidadão. Surpreso com a perspicácia do rapaz de uns 30 e poucos anos, pois, estava à paisana e havia manuseado minha carteira policial, por apenas um instante, onde estava meu cartão magnético. Assenti com a cabeça e confirmei verbalmente que era.

O rapaz então me estendeu a mão e me entregou seu cartão magnético, com sua senha alfa numérica, escrita em um papel. Em seguida pediu que eu o ajudasse. Dirigi-me ao guarda que estava junto à porta giratória e pedi a ele que chamasse um funcionário da agência para executar a operação.

No caminho de casa fui tomado por um sentimento de forte emoção que marejou meus olhos, lembrando do cidadão de humildade aparente que havia me pedido ajuda, naquelas circunstâncias. Pensei na honra que aquele brasileiro havia concedido a um desconhecido que por portar um distintivo policial, havia lhe inspirado a maior confiança pela sua credibilidade depositada na Brigada Militar.

Não há moeda no mundo de maior valor, capaz de recompensar o sentimento de realização profissional que senti frente aquela pessoa e o orgulho de pertencer a Brigada Militar há 25 anos. Deus abençoe este homem e tantos outros cidadãos que confiam na BM. Deus ilumine meus colegas de farda e os inspire sempre a honrar esta tradição de confiança do povo gaúcho em nossa instituição de defesa da vida e do patrimônio da valorosa nação brasileira.

Major Aroldo Medina
Oficial da Brigada Militar