quinta-feira, 1 de julho de 2010

Confiança na Brigada.

Hoje à tarde, fui tirar um extrato bancário na agência Boqueirão do Banrisul, em Canoas. Entrei na sala dos caixas eletrônicos e fui direto até a máquina. Não havia fila. Notei a presença de um cadeirante no local, acompanhado por um menino que estava sentado no chão, junto ao cidadão portador de deficiência física.

Manuseei minha carteira na frente do caixa eletrônico e depois de concluir a operação, dei meia volta para sair da agência quando fui abordado pelo cadeirante. "-Moço, o senhor é brigadiano"? Perguntou o cidadão. Surpreso com a perspicácia do rapaz de uns 30 e poucos anos, pois, estava à paisana e havia manuseado minha carteira policial, por apenas um instante, onde estava meu cartão magnético. Assenti com a cabeça e confirmei verbalmente que era.

O rapaz então me estendeu a mão e me entregou seu cartão magnético, com sua senha alfa numérica, escrita em um papel. Em seguida pediu que eu o ajudasse. Dirigi-me ao guarda que estava junto à porta giratória e pedi a ele que chamasse um funcionário da agência para executar a operação.

No caminho de casa fui tomado por um sentimento de forte emoção que marejou meus olhos, lembrando do cidadão de humildade aparente que havia me pedido ajuda, naquelas circunstâncias. Pensei na honra que aquele brasileiro havia concedido a um desconhecido que por portar um distintivo policial, havia lhe inspirado a maior confiança pela sua credibilidade depositada na Brigada Militar.

Não há moeda no mundo de maior valor, capaz de recompensar o sentimento de realização profissional que senti frente aquela pessoa e o orgulho de pertencer a Brigada Militar há 25 anos. Deus abençoe este homem e tantos outros cidadãos que confiam na BM. Deus ilumine meus colegas de farda e os inspire sempre a honrar esta tradição de confiança do povo gaúcho em nossa instituição de defesa da vida e do patrimônio da valorosa nação brasileira.

Major Aroldo Medina
Oficial da Brigada Militar

Nenhum comentário:

Postar um comentário