quinta-feira, 22 de julho de 2010

Visita à Polícia Rodoviária Federal.





Acompanhado pelo coronel Sérgio Sparta, nosso candidato à deputado federal e pelo tenente Britto, candidato à deputado estadual, visitei hoje pela manhã a Superintendência da Polícia Rodoviária Federal no RS. Fomos cordialmente recebidos pelo superintendente regional, José Altair Gomes Benites.

Na conversa, colhemos os anseios de nossa PRF que, devidamente valorizada, tem vocação para desempenhar com legitimidade e qualidade, função de polícia ostensiva nacional. O salário inicial de R$ 6.000,00 (seis mil reais), atrai candidatos de alto nível intelectual.

O efetivo da PRF é de nove mil policiais no Brasil. No RS trabalham 750 patrulheiros. O ideal seria, no mínimo, 1.300 integrantes. Digno de nota assinalar que esse efetivo foi planejado na década de 80, quando a frota era de aproximadamente 12 milhões de veículos. Hoje a frota chega a de 60 milhões.

Com satisfação ouvimos que a PRF é o órgão policial brasileiro com maior apreensão de drogas e armas no Brasil. Só no Paraná, este ano a apreensão já chega a 43 toneladas de maconha.

Concluímos a visita passando pelo bem organizado Museu da PRF que preserva a memória do policiamento rodoviário da instituição. O espaço evocou saudade em Sparta e Britto que viajaram pelo tempo, lembrando do tempo como batedores motociclistas, onde atuaram ao lado dos bravos do asfalto da PRF.

Redação: Aroldo Medina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário