terça-feira, 29 de setembro de 2009

Pesquisa indica Tarso, Rigotto e Beto para governador, em 2010.





Recebi em meu e-mail pessoal hoje, mensagem do Instituto Methodus divulgando pesquisa de intenção de voto para o governo do Estado do RS. Tarso Genro, Germano Rigotto e Beto Albuquerque ocupam posição de destaque entre os gaúchos.

Na expontânea, 57% dos entrevistados ainda não definem candidato a governador, faltando um ano para a eleição de 2010.

INSTITUTO METHODUS

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Apoio a Professora Maria Denise Bandeira

O dia de hoje também foi marcado por atitude da professora Maria Denise Bandeira, vice-diretora da Escola Estadual de Ensino Médio Barão de Lucena, localizada na Vila São Tomé, do município de Viamão. A professora obrigou um aluno da escola a retocar pintura fresca, após ele pichar parede da escola com seu codinome "Pato".

O caso virou polêmica após ganhar espaço na mídia e em função da atitude do pai do aluno, José Dinis Peixoto de Oliveira, 40 anos, contestar a atitude da professora e minimizar a ação do filho.

O jornal Zero Hora fez uma reportagem de duas páginas, 4 e 5, no dia de hoje, muito bem circunstanciada, dando espaço igual para a professora e o pai do aluno explicarem suas atitudes de correção, por parte da professora e de contestação, por parte do pai, a pena imputada pela professora, ao aluno.

Do que li, vi e ouvi, no jornal, na televisão e no rádio hoje, fico do lado da professora. Tenho quase 25 anos de polícia. A praxis, perdoe-me o pai do aluno, leva-me a apoiar, integralmente, a correção aplicada no aluno, de imediato, pela professora. Excedeu-se ao chamar o aluno de "bobo da corte". De cabeça quente! Não creio em ímpeto da mestre em constranger, deliberadamente, o aluno infrator.

O pai deve repensar sua escala de valores e atitude. Deve educar melhor seu filho. Não deve minimizar o ato da pichação, defendendo o filho cegamente. Agindo assim encoraja-o a novos e maiores delitos.

Fiquei contente em ver que a sociedade reagiu apoiando a atitude da professora, através de pesquisas de opinião de rádio e TV, onde enquetes deram mais de 90% de aprovação ao ato da vice-diretora da Escola Estadual Barão de Lucena.

Não gosto de ver a nova tendência de alguns programas de televisão, com apresentadores explorando assuntos polêmicos, vociferando e se movimentando exageradamente na tela, como arautos da Justiça. Parece que vieram para explorar a desgraça alheia.

Estranhei o silêncio do CPERGS no caso em pauta.

Comentário: major Aroldo Medina.

A nova CGC





O Museu do Esporte, do vereador João Bosco Vaz (PDT), localizado no Shopping Total, antiga cervejaria Brahma, no centro de Porto Alegre, foi palco do lançamento oficial da novíssima Confraria Gaúcha de Capoeira, nesta quarta-feira, dia 23 de setembro de 2009.

No museu e bar de cultura e lazer, os Grupos Pesquisa e Fundamento, liderado pelo contra-mestre Fabinho, Muzenza do mestre Carson, Esporte Nacional do mestre Delmar e Nação do mestre Grande, uniram-se para formar a CGC. Os fundadores da confraria, Fábio Camargo, Carson Sieger, Delmar Perroni e Paulo Lara Percovi, afirmaram sua inspiração na "Triplo C" - Cooperativa Catarinense de Capoeira, considerada pelos mestres da CGC, um exemplo de organização capoeirista nacional.

Fábio Camargo destacou que a CGC tem sua base no respeito absoluto aos fundamentos da capoeira e diz que a idéia que melhor define o espírito capoeirista é a liberdade. Lembrou ainda que a capoeira é uma arte centenária multidisciplinar que engloba esporte, história, religiosidade, moral e cívica e geografia.

Prestigiaram o evento além dos capoeiristas, amigos e familiares dos grupos de capoeira presentes, o deputado estadual Raul Carrion (PC do B) e o secretário municipal do Meio Ambiente de Porto Alegre, professor Garcia.

Correspondente: major Aroldo Medina.

Onyx



Esta semana encontrei-me com o deputado federal Onyx Lorenzoni, líder democrata pelo qual tenho muita estima e consideração. Sorvendo um chimarrão de erva mate, encilhado em clima de cordialidade mútua, conversamos sobre o pleito eleitoral do ano que vem e analisamos juntos os possíveis cenários que podem acontecer. Entre eles, a possibilidade do Democratas ter candidatura própria ao governo e ao senado.

domingo, 20 de setembro de 2009

Os gaúchos e o 20 de setembro



O 20 de setembro é uma data sempre muito bem comemorada no RS. Os trajes típicos saem dos guarda-roupas e ganham as avenidas da capital Porto Alegre. O mesmo acontece em outras cidades. Prendas e peões, crianças, jovens e adultos povoam as ruas da cidade, num clima de larga cordialidade. Os CTGs ficam mais cheios de gente. A costela falta nos açougues. Da janela de uma aeronave, em baixa altitude, no meio dia é possível ver uma fumacinha branca subindo em milhares de tribos que se reúnem ao redor do fogo em brasa. É a tradição. O cavalo e as carroças enfeitadas com bandeiras dividem, harmonicamente, o espaço nas avenidas com carros, ônibus e caminhões. As cidades gaúchas ficam ainda mais hospitaleiras.

Bendito 20 de setembro! Que Deus ilumine o Rio Grande e abençoe todos os gaúchos e gaúchas de todas as idades. Que a memória de nossos antepassados seja relembrada e os valores outrora defendidos pelos farrapos possam ser revividos em nossos corações.

Caridade



Minha filha Natália me contou uma história muito interessante hoje. Na hora do almoço em casa, foram ouvidas palmas no portão. Meu cunhado vai atender e encontra um rapaz de uns 18 anos que lhe pede comida. O Miguel retorna e anuncia o pedido do visitante. Meu irmão Adroaldo se voluntaria para atender o pedido do visitante. Enquanto prepara um prato de comida diverge de minha mãe que defende a idéia de mandar o pedinte embora.

Vai até o portão e alcança ao jovem o prato servido e um copo de refrigerante. Os olhos do rapaz brilham com a carne vermelha assada, a salada amarela e o arroz branquinho. Pega a comida e come com gosto de muita fome. O Adroaldo volta para a mesa com a família. O jovem permanece sentado na calçada, em frente de casa.

Eu aparto a Natália e digo que o Adroaldo agiu corretamente. Censuro minha mãe. Minha filha continua a narrativa em detalhes. "Bom papai... Depois de um tempo o meu tio levou o espeto lá na frente e mandou o rapaz escolher um pedaço". O jovem disse que nunca ninguém havia lhe tratado até hoje, dessa maneira. Disse estar acostumado a ser tratado com desprezo. Com a voz embargada, emocionado, disse ao meu irmão que não tinha palavras para definir o que estava sentindo naquele momento. Concluiu afirmando que jamais esqueceria seu gesto de caridade.

Ao ouvir a história do Adroaldo, contada pela Natália e depois pelo próprio meu irmão, emocionado, confidenciou que se arrependia de todas as vezes que despachou as pessoas que bateram a porta de nossa casa pedindo alguma coisa.

Disse-lhe que compreendia seu sentimento. Ele expressou dúvida ao tentar imaginar que podia ter seus sentimentos compreendidos naquele instante por outra pessoa, mas lhe garanti que todo aquele que faz caridade, compreende o que sentiu. Uma energia poderosa muito grande, emanada do mundo espiritual que abastece nosso espírito de luz.

sábado, 19 de setembro de 2009

Nova visita ao SEDAI



Sexta-feira, dia 18 de setembro, tivemos nova reunião na SEDAI (Secretaria do Desenvolvimento e dos Assuntos Internacionais) que tem a frente o atuante deputado estadual Márcio Biolchi.

A reunião foi organizada pelo deputado José Sperotto que trouxe o prefeito de Guaíba Henrique Tavares. A pauta central foram as qualificações geopolíticas do município administrado pelo prefeito Tavares. Guaíba está aberta a novos investimentos, especialmente estrangeiros. Lá o Estado do RS possui terras disponíveis. São mais de 900 hectares para instalação de novas empresas industriais.

O secretário Márcio Biolchi foi muito propositivo e determinado em dizer que o Governo do Estado do RS está 100% aberto para receber novos investidores, interessados em se instalar no RS, especialmente no município de Guaíba, onde existe muito espaço disponível.

O deputado Sperotto garantiu que a Assembléia Legislativa do Estado está ao lado do Executivo Estadual para garantir novos investimentos que tragam mais empregos para os gaúchos, respeitando o meio ambiente.

Correspondente: major Aroldo Medina.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Aniversário Adroaldo



Meu irmão, Adroaldo Medina, faceiro da vida, me abraça no seu aniversário. Completou 40 anos, redondos. Tem muita estrada pela frente ainda. Mais uns 45, no mínimo. Desejo ao mano, vida longa com saúde, paz e prosperidade. Que Deus te abençoe, meu irmão e ilumine sempre o teu caminho. (AM)

Guarnição da BM em General Câmara



Em breve, o efetivo da BM em General Câmara estará de casa nova. O prédio da antiga estação de trem da RFFSA será substituído por um prédio de propriedade do Exército, em ótimas condições, junto a avenida central pavimentada. O tenente Quintana, comandante da BM, no município disse que a sua tropa agradece e sente-se renovada com a notícia. Cansaram de "comer poeira", no prédio que fica em uma rua de chão batido. (AM)

PRF, uma Força Aliada.





No retorno da viajem de General Câmara, paramos no Km 123 da BR 290 a fim de admirar um grupo de carroças e carretas enfeitadas para a semana farroupilha que trafegavam no acostamento. Em seguida, parou uma viatura da PRF para saber se necessitavamos de ajuda. Aproveitamos para conversar. Os patrulheiros Franciosi e Tarsconi foram muito gentis e além de fazer um breve relato sobre suas atividades de patrulhamento na estrada, elogiaram o apoio que tem recebido da BM em Eldorado do Sul e Guaíba quando se deparam com ocorrências envolvendo bandidos armados que trafegam pelas rodovias federais. Destacaram a coragem de PMs que não hesitam em combater ao seu lado, os agentes do crime que incursionam contra a sociedade.

É notória a evolução profissional e intelectual da PRF, após a constituição de 1988 quando quase foram extintos. Bem selecionados, formados, treinados e remunerados, prestam um serviço de qualidade crescente à Sociedade Brasileira. Estão de parabéns!

Relator: major Aroldo Medina.

CTG de General Câmara



Logo que chegamos em General Câmara, o tenente Quintana nos levou direto para um evento da Senana Farroupilha no CTG da cidade. Fui recebido com hospitalidade tradicional e um chimarrão muito gostoso, como diz o meu sobrinho Gabriel de 3 anos. Cantamos o hino nacional e o riograndense. Após este ato cívico, pedi licença aos presentes, para falar um pouco sobre o significado dos pavilhões nacional e regional. Senti-me muito honrado com a atenção com que todos deram a breve palestra e a generosidade com que as prendas e os peões presentes disseram sobre a utilidade da cultura resgatada. (AM)

Arsenal de Guerra




Estivemos no Arsenal de Guerra de General Câmara para viabilizar a cessão de um próprio do Exército à guarnição da BM, instalada no município. A Brigada ocupa um dos prédios mais antigos da cidade há mais de 20 anos. O prédio, uma estação de trem, pertenceu a extinta RFFSA.

Nos reunimos com o diretor do Arsenal de Guerra, tenente-coronel Fábio da Silva Oliveira Filho, o sub-diretor tenente-coronel Plínio Galvão, o capitão engenheiro Marcelo Monteiro e o 1º tenente André Fagundes, todos do EB, com a presença do comandante local da BM, 1º tenente Volmir da Silva Quintana.

Os trabalhos transcorreram em tradicional clima de cordialidade entre os integrantes da Força Terrestre e da BM. A cessão de um prédio do EB para a BM deve se realizar nos próximos dias. O imóvel cedido pelo Exército, onde funciona atualmente o Centro de Lutas General Medici é localizado em ponto estratégico da cidade e oferece ótimas condições de trabalho para a guarnição da Brigada Militar.

Relator: major Aroldo Medina.

Um político exemplar



Faz três dias, conheci pessoalmente o secretário da agricultura do Estado do RS, João Carlos Fagundes Machado. Um líder progressista. Produtor rural de Camaquã, cidade onde planta arroz. Semana passada liguei para a sua secretária pedindo uma audiência que foi marcada rapidamente. Independentemente do assunto que fui tratar com o secretário João Machado, a agilidade do seu gabinete me surpreendeu positivamente.

O assunto que levei ao secretário, prontificou-se a despachar, pessoalmente e de imediato, com titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e dos Assuntos Internacionais do RS. Na hora e local combinados, pontualmente, encontrei o líder da pasta da agricultura gaúcha pronto para cumprir a missão planejada.

Sinto-me no dever de compartilhar este testemunho, com os visitantes bem vindos deste Blog, porque na verdade, a exemplar educação, simplicidade e eficiência do secretário João Carlos, ao meu ver, sob censura de pessoas melhor informadas são qualificações raras de encontrarmos na classe política brasileira.

Por isso, peço licença a todos que visitam este espaço, para agradecer e fazer um reconhecimento público ao secretário da agricultura do RS, João Carlos Fagundes Machado, por toda sua gentileza, educação, atenção e eficiência na condução dos assuntos do interesse de nosso Estado. Parabéns pela excelência do seu trabalho e de toda sua valorosa equipe de colaboradores de sua importantíssima pasta.

Saúde, paz e longa vida, secretário! Deus lhe ilumine sempre.

Um abraço cordial, Aroldo Medina.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Assuntos Internacionais do Rio Grande do Sul com investidores de países árabes.



Visitamos hoje, no final da tarde, a Secretaria do Desenvolvimento e dos Assuntos Internacionais do Estado do Rio Grande do Sul. A agenda foi marcada pessoalmente pelo Secretário da Agricultura do RS, João Machado que se fez presente. Fomos recebidos pelo secretário adjunto da SEDAE, Josué de Souza Barbosa.

Conversamos sobre o interesse de investidores árabes que nos visitaram, recentemente, em fazer negócios com o Estado do RS. Reproduzi ao secretário adjunto, alguns tópicos sobre o que tratamos na FARSUL, dia 18 de agosto do corrente ano, destacando a disposição dos árabes em comprar milho, trigo e carne do RS. O ponto central da conversa foi o interesse dos executivos islâmicos construirem um novo frigorífico no RS. A cidade de Canoas lidera a preferência neste ponto para receber este investimento.

Levantamos a possibilidade de terras de propriedade do Estado, existentes no município de Guaíba serem estudadas para destinação a construção do novo frigorífico árabe muçulmano, com posicionamento e abate de acordo com as tradições islâmicas, onde o animal não deve sofrer.

Josué Barbosa garantiu o interesse do Estado no investimento. Pediu informações sobre a capacidade de abate da planta em estudo, quantas pessoas o novo frigorífico deve empregar, a área a ser edificada e de pastoreio, o valor do investimento estrangeiro, para que o Estado do RS possa fazer uma proposta aos investidores, assegurando contrapartidas correspondentes.

Ao final, os dirigentes governamentais da pasta da agricultura e de assuntos internacionais, João Machado e Josué Barbosa enfatizaram a importância da participação da FARSUL no desenvolvimento de relações internacionais que devem resultar, na instalação de um novo frigorífico árabe, no extremo sul do Brasil.

Correspondente: major Aroldo Medina.

International Affairs of the Rio Grande do Sul with investors from Arab countries.

We visited today, in the late afternoon, the Secretary of Development and International Affairs State of Rio Grande do Sul The agenda was set personally by the Secretary of Agriculture of the RS, John Machado, who was present. We received the Assistant Secretary of silk, Josue de Souza Barbosa.

We talked about the interest of investors Arabs who visited us recently to make business with the state of RS. To play Deputy Registrar, some topics on which treat the FARSUL, August 18 of this years, highlighting the willingness of Arabs to buy corn, wheat and beef from Brazil. The focus of conversation was the interest of executives Islamic build a new refrigerator in RS. The city Canoes leads the preference at this point to receive this investment.

Raised the possibility of land ownership State, in the city of Guaíba be studied to dispose of construction of the new refrigerator Arab Muslim, with positioning and slaughtered according to Islamic traditions, where the animal should not suffer.

Joshua Barbosa secured the interest of the State investment. Asked about the capacity slaughter plant under study, how many people must employ new refrigerator, the area to be built and grazing, the value of investment abroad, for the State of RS can do
a proposal to investors, ensuring corresponding offers.

In the end, the government leaders of the folder agriculture and international affairs, John Joshua Barbosa Machado and emphasized the importance FARSUL's participation in the development of international relations which should result in installation of a new refrigerator Arabic, in the extreme southern Brazil.

Deputado Sperotto apoia investimentos árabes



Continuando nossa caminhada de mobilização de forças políticas no Estado, para apoiar novos investimentos no RS, visitei o deputado estadual José Sperotto (DEM), no incício da tarde de hoje, em seu gabinete na Assembléia Legislativa, acompanhado das doutoras Andréia Soares, Daniela Fidelis dos Santos e Laurinda de Oliveira que acompanham as visitas visando a consolidação futura de contratos bem claros e justos entre os investidores árabes e os fornecedores gaúchos. Este prossedimento é muito valorizado nas exposições dos executivos e líderes religiosos do Islã.

O deputado Sperotto foi categórico em afirmar seu total apoio aos projetos dos investidores árabes e de estabelecimento de negócios entre eles e os produtores gaúchos, atuando como um facilitador nas relações governamentais, ao lado de outros atores políticos indispensáveis no processo. Destacou a importância do engajamento do secretário da agricultura do Estado do RS, João Machado e dos líderes da SEDAI, ao lado do prefeito de Guaíba Henrique Tavares e da FARSUL.

Finalizou colocando seu gabinete a disposição para encaminhamentos executivos que se fizerem necessários. Sugeriu uma visita a Fundação Estadual de Proteção Ambiental, para colher sugestões sobre a memória de instalação de frigoríficos no RS, destacando o excelente nível de qualificação dos técnicos do órgão que tem se empenhado num trabalho diário árduo para atender inúmeras demandas que lhes são encaminhadas para análise.

Na foto, o deputado Sperotto destaca a localização estratégica de Guaíba, colocando a cidade numa rota de produção de grãos e de fácil acesso no transporte de bois vivos, sem ter que ingressarem os animais, na cidade de Porto alegre através da Ponte do Guaíba que deve ser duplicada, como defende José Sperotto.

Relatoria: major Aroldo Medina.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

State of the RS open for new investments.



I am pleased to find today, with the secretary of agriculture of this state, John Carlos Machado Fagundes. Producer rural Camaquã, municipality where rice plant showed ability the conduct of matters that concern economic growth of the state.

I took the idea to the secretary of defense, with with the Department of Development and Affairs International, led by young member state Márcio Biolchi (PMDB), the classification of municipality Guaíba to constitute a alternative site for the construction of a refrigerator Arab Muslim. Progressive John Machado was safe in his position and immediately welcomed the idea of referring the matter to the Mr Márcio Biolchi, claiming to be fully favor the proposal to receive investors Arabs with open arms and facilitate its installation the State of RS, through government action.

In the city of Guaíba the state of RS is property of approximately 980 hectares of land, once purchased for installation at Ford with almost 2/3 of that area still free to installation of new manufacturing plants for 10 years. The area offers facilities for installation of refrigerator. I found that after visiting the ex - Ford Land, for the most part already landscaped and, properly guarded by some sergeants veterans of the Military Police who reside on site, prevent intrusions and vandalism in the area.

The secretary highlighted the meat quality of RS, one of the best in Brazil, with excellent control health and traceability within standards international.

I left convinced, alongside Dr. Andreas Smith and Laurinda de Oliveira, legal counsel in development, that the Arab countries concerned negotiate with the RS, won a powerful ally in construction of this path between the business Gauchos and Arabs: the confident and agile Secretary agriculture in the State of Rio Grande do Sul, John
Carlos Fagundes Machado.

Rapporteur: major Aroldo Medina.

Encontro com secretário da agricultura do RS



Tive a grata satisfação de encontrar hoje, com o secretário da agricultura do Estado do RS, João Carlos Fagundes Machado. Produtor rural de Camaquã, município onde planta arroz, demonstrou habilidade na condução de assuntos que dizem respeito ao crescimento econômico do Estado.

Levei ao secretário a idéia de defendermos, junto com a Secretaria do Desenvolvimento e de Assuntos Internacionais, liderada pelo jovem deputado estadual Márcio Biolchi (PMDB), a qualificação do município de Guaíba para se constituir numa alternativa de local para a construção de um frigorífico árabe muçulmano. O progressista João Machado foi seguro em sua posição e de imediato acolheu a idéia de encaminharmos o assunto ao deputado Márcio Biolchi, dizendo-se plenamente favorável a proposta de recebermos os investidores árabes de braços abertos e facilitar sua instalação no Estado do RS, através de ações governamentais.

No município de Guaíba o Estado do RS tem a propriedade de aproximadamente 980 hectares de terra, outrora adquiridos para instalação da Ford, com praticamente 2/3 dessa área ainda livre para instalação de novas plantas industriais há 10 anos. A área oferece condições para instalação desse frigorífico. Constatei isso após visitar o ex-terreno da Ford, em sua maior parte já terraplanado e, devidamente vigiado por alguns sargentos veteranos da Brigada Militar que residem no local, para evitar invasões e depredações na área.

O secretário destacou a qualidade da carne do RS, uma das melhores do Brasil, com excelente controle sanitário e rastreabilidade dentro de padrões internacionais.

Saí convencido, ao lado das doutoras Andréia Soares e Laurinda de Oliveira, consultoras jurídicas no empreendimento, de que os países árabes interessados em negociar com o RS, ganharam um grande aliado na construção desse caminho de negócios entre os gaúchos e árabes: o confiante e ágil secretário da agricultura do Estado do Rio Grande do Sul, João Carlos Fagundes Machado.

Relator: major Aroldo Medina.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

5º Fórum Político UNIMED






Na manhã e tarde desta sexta-feira, o Grupo Unimed RS promoveu a edição do seu 5º Fórum Político Unimed, nas instalações do Hotel Sheraton, no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre.

Tomei conhecimento do Fórum pelo jornal O Sul de ontem. Chamou minha atenção a nominata dos painelistas convidados. Liguei para o Rosa, major Marcelo Lopes Rosa, meu grande amigo, chefe de gabinete do presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado e o convidei para irmos juntos no evento. Aceitou de pronto. Participamos pela primeira vez desse ciclo de estudos políticos.

Passei por um trânsito infernal, congestionado e com chuva, hoje de manhã, na BR 116, entre Canoas e Porto Alegre, até conseguir chegar no hotel. O Rosa chegou primeiro. A recompensa veio com o ambiente bem organizado do Sheraton e do evento.

Dernizo Pagnocelli, Germano Rigotto, Luis Nassif, Ciro Gomes e Fabián Calle palestraram com desenvoltura e conhecimento peculiar. Oportunizaram aos convidados presentes, pensamentos que nos ajudam a construir uma sociedade melhor.

Germano Rigotto e Ciro Gomes questionados, confirmaram disposição para concorrer ao governo do Estado do RS e a presidência da república, respectivamente.

O Grupo Unimed, presidido por Nilson Luiz May, com participação de qualificado corpo de dirigentes, atingiu plenamente o objetivo de desenvolver cidadania e consciência política entre seus associados e simpatizantes. Também foram excelentes anfitriões. Deixaram ótima impressão entre convidados de outras organizações públicas e privadas presentes no Fórum.

Quase tive que pedir ajuda médica no final do evento, ao deixar o Shopping Moinhos. Meu coração disparou. Cobraram-me R$ 32,50 (trinta e dois reais e cinqüenta centavos) de estacionamento por nove horas.

Aproveitei para tirar uma foto com a tele-jornalista Ana Amélia Lemos. Mediou os debates da manhã. Sou fã dela e do Lasier Martins.

Ainda encontrei no Forúm, o Diego Casagrande. Também gosto dele e do Felipe Vieira. Admiro-os, pois, são todos jornalistas diretos que tem grandes sacadas e fervem com inteligência seus comentários e entrevistas.

Um abraço cordial a todos, Aroldo Medina.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Visita ao prefeito de Guaíba




Na tarde desta terça-feira visitei o prefeito da cidade de Guaíba, Henrique Tavares (PTB). Foi um excelente anfitrião. Cordial, ao lado do seu bem informado secretário de governo, Paulo Alberto Santana Scalco, mostraram a mim e as doutoras Andréia Soares, Daniela Fidelis dos Santos e Laurinda de Oliveira, consultoras jurídicas da Valor Empresarial, as potencialidades do município de Guaíba.

O prefeito destacou a localização estratégica da cidade, muito próxima de Porto Alegre, com boas vias de acesso livre de congestionamento crônicos de trânsito e ligação direta com o Porto de Rio Grande, através da BR 116. O secretário de governo Paulo Scalco, procurador do município há 26 anos, destacou a segurança jurídica com que a administração da cidade faz seus negócios com novos empreendedores interessados em se instalar em Guaíba e lembrou a competitividade do município que oferece incentivos fiscais para instalação de novas empresas, cobrando apenas 2% de imposto municipal (ISSQN).

Saí com ótima impressão do Executivo Municipal e da própria cidade. Desde que entrei no município, vi o pessoal da limpeza urbana "pegando firme na vassoura". Várias equipes trabalhando nas ruas. No centro, me surpreendi com motoristas de automóveis parando na faixa de segurança, dando preferência a passagem de pedestres. Coisa rara, em nossa região metropolitana. Na prefeitura ainda encontrei um amigo, Rogério Duarte, que não via há muitos anos. Fiquei feliz em revê-lo, me reconheceu primeiro e encontrá-lo como secretário da fazenda. Foi uma tarde bem agradável. Um abraço fraterno a todos, Aroldo.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Expointer 32ª Edição

Link para o Site da Expointer







Motivado pelo interesse de novos investidores árabes em fazer negócios com o Estado do RS, visitei neste final de semana que passou, nossa bem sucedida Expointer.

O Parque estava bem organizado e policiado pela BM e Polícia Civil. Tinham bastantes dispositivos para higienização das mãos dos visitantes: pias, água e sabão líquido e álcool gel. Em tempo de H1N1 não dá para descuidar. Quase chamei a Brigada depois de beber duas garrafas de água mineral, meio litro cada uma. O garson do quiosque do "Charolês" me cobrou R$ 8,50 (oito reais e cinqüenta centavos), as duas garrafinhas! Que coragem.

A CORSAN cobra R$ 3,00 (três reais) por metro cúbico, ou seja, mil litros d'água = três reais, ou seja R$ 0,003, por litro. Agora tenta calcular o lucro do cara que me vendeu essa bendita água!

Na Expointer, os animais como sempre, eram a principal atração da maior feira do agronegócio brasileiro: corados, bem alimentados e tratados, esbanjando saúde e bagagem genética.

Pela primeira vez, visitei a feira como um pesquisador. Conheci a Expointer lá pelos idos anos de 1977. Fui fazer um trabalho escolar sobre técnicas agrícolas. Era estudante da 7ª série do Maria Auxiliadora, em Canoas. Depois visitei a feira em outras ocasiões, a lazer.

Vi com outros olhos essa última Expointer. Meus ouvidos festejaram. Nunca havia conversado com os peões da feira, nem tão pouco com seus patrões. Deram-me um banho de conhecimento. Transpirei de entusiasmo com as possibilidades do agronegócio, não só no RS, mas no Brasil todo. São gigantes as oportunidades. Os governos precisam acordar. Nosso produtor rural está sentado sobre uma mina de ouro. Precisa das ferramentas certas para tirar toda essa riqueza do solo brasileiro.

Sei que não estou dizendo nada que os técnicos da EMATER ou da EMBRAPA desconheçam, ou mesmo nossos produtores rurais. Tenho consciência de que o pensamento que expressei no parágrafo anterior é óbvio e talvez até juvenil, mas é incrível que ainda não hajam mais escolas agrícolas em nosso país, de turno integral. É incrível que tenhamos tanta tecnologia que ainda está há léguas de distância do homem do campo e de sua família. É incrível que os pequenos e médios produtores rurais pelo Brasil afora não tenham a mesma facilidade de acesso a créditos como tem o MST. É incrível que não se ouça o que os peões e muitos de seus patrões tem a dizer sobre o que fariam se fossem governantes.

Vou transmitir aos árabes o que aprendi nessa Expointer. Vou repassar a eles o contato, o entusiasmo, o caráter, a confiança, a hospitalidade, a vontade de fazer bons negócios e as boas idéias que ouvi de nobres homens do campo como o doutor Luiz Fogaça da Silva, proprietário da Fazenda Lajeado dos Taipas; o peão Eli Osmar Rosado Ramos, da Cabanha Jardim; o peão Ricardo do Nascimento, da Fazenda Reinhofer; o produtor Cleto José Antoniazzi, da Cabanha Pitangas; o veterinário Paulo Afonso Schwab, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Ovino, entre tantos outros professores, mestres e doutores na lida do agronegócio brasileiro que tive a honra de conhecer nessa feira espetacular. Contagiaram-me com H10CE1000: hospitalidade nota 10, conhecimento e entusiasmo nota 1000! Um fraterno abraço a todos! Aroldo Medina.

Brasil, 7 de setembro e o Google.




Muito legal da parte do Google esta homenagem ao Brasil, na data de hoje.

Obrigado! Aos seus atentos, criativos e atenciosos gestores.

A foto das bandeiras eu e o Ariel, nobre sargento da BM, capturamos na agradável visita que fizemos a EXPOINTER, neste final de semana, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

O sete de setembro, para muitos é apenas um feriado. Porém, convido meus irmãos e irmãs brasileiras a refletir sobre o significado da data. Exemplo: - Quem seríamos hoje se Napoleão não tivesse invadido Portugal, em 1807? E tantas outras memórias e conexões históricas que esta data deve inspirar nos brasileiros.

Hino Brasileiro. Apresentação da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, 2009. Regente: maestro Yan Pascal Tortelier, cidadão francês. Orçamento anual da OSSP: R$ 43.000.000,00 (quarenta e três milhões de reais).

video

Apresentação bem diferente do fiasco protagonizado pela cantora VANUSA, na Assembléia Legislativa do Estado de SP, em março de 2009.
TRAGÉDIA CÍVICA

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Memória de um dia para não esquecer na história da BM






O jornalista gaúcho Giovani Grizotti descobriu um grande furo de reportagem ao constatar a falta de controle na venda de uniformes da PM em algumas organizações policiais militares do Brasil, inclusive na BM. Com a coragem que lhe é peculiar, Grizotti não se limitou a comprar os fardamentos da BM. Resolveu vestir a farda, prerrogativa legal apenas de policiais militares verdadeiros e testar até o controle de acesso no QG da BM. Desfilou livremente pelos corredores do nosso Quartel General, em Porto Alegre, sem ser incomodado. Escancarou nossas vulnerabilidades para o Brasil todo. É um grande jornalista.

A matéria da reportagem é legítima. Autêntica. Embora motivada pelos melhores propósitos de um excelente repórter, dá munição para aqueles que se aproveitam de uma tragédia moral para desrespeitar policiais de verdade. E esta conseqüência é reforçada na capa de um dos jornais de maior respeito e circulação no Estado do RS, o Diário Gaúcho que veiculou a seguinte chamada em sua capa: "Qualquer um compra farda da BM".

Além de ser apresentada no programa Fantástico da Rede Globo, dia 30 de agosto, a matéria produzida pelo Grizotti foi amplamente divulgada pela Rádio e TV Gaúcha e pelos jornais Zero Hora e Diário Gaúcho, no dia 31 de agosto do corrente ano.