segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Encontro com secretário da agricultura do RS



Tive a grata satisfação de encontrar hoje, com o secretário da agricultura do Estado do RS, João Carlos Fagundes Machado. Produtor rural de Camaquã, município onde planta arroz, demonstrou habilidade na condução de assuntos que dizem respeito ao crescimento econômico do Estado.

Levei ao secretário a idéia de defendermos, junto com a Secretaria do Desenvolvimento e de Assuntos Internacionais, liderada pelo jovem deputado estadual Márcio Biolchi (PMDB), a qualificação do município de Guaíba para se constituir numa alternativa de local para a construção de um frigorífico árabe muçulmano. O progressista João Machado foi seguro em sua posição e de imediato acolheu a idéia de encaminharmos o assunto ao deputado Márcio Biolchi, dizendo-se plenamente favorável a proposta de recebermos os investidores árabes de braços abertos e facilitar sua instalação no Estado do RS, através de ações governamentais.

No município de Guaíba o Estado do RS tem a propriedade de aproximadamente 980 hectares de terra, outrora adquiridos para instalação da Ford, com praticamente 2/3 dessa área ainda livre para instalação de novas plantas industriais há 10 anos. A área oferece condições para instalação desse frigorífico. Constatei isso após visitar o ex-terreno da Ford, em sua maior parte já terraplanado e, devidamente vigiado por alguns sargentos veteranos da Brigada Militar que residem no local, para evitar invasões e depredações na área.

O secretário destacou a qualidade da carne do RS, uma das melhores do Brasil, com excelente controle sanitário e rastreabilidade dentro de padrões internacionais.

Saí convencido, ao lado das doutoras Andréia Soares e Laurinda de Oliveira, consultoras jurídicas no empreendimento, de que os países árabes interessados em negociar com o RS, ganharam um grande aliado na construção desse caminho de negócios entre os gaúchos e árabes: o confiante e ágil secretário da agricultura do Estado do Rio Grande do Sul, João Carlos Fagundes Machado.

Relator: major Aroldo Medina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário