quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Os projetos do Governo do RS para a BM

O "Pacote do Governo" causa apreensão e divisão dentro da BM. O aumento da contribuição previdenciária proposto para os militares de 7 para 11 por cento não é justo, pois, a Brigada está entre as Polícias Militares com menor remuneração, entre os Estados da Federação.

Igualmente, foi vilania governamental "atrelar" o aumento da contribuição previdenciária, com a proposta de estender os 19,9 % da Lei Britto, pago do soldado ao capitão da BM, igualmente aos oficiais superiores da corporação.

Desde o princípio, os aumentos deveriam ter sido pagos no mesmo percentual, do soldado ao coronel da BM. O histórico "escalonamento vertical", outrora vigente na corporação, que estabelecia todos os salários da Brigada, uma porcentagem do salário do coronel, comprovou ser a forma mais justa de remuneração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário