sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Separação dos bombeiros da Brigada Militar.

O argumento de que a separação do Corpo de Bombeiros da BM vai disponibilizar mais verbas para os bombeiros é bastante duvidoso. O orçamento do Estado é uma peça política. Independente de estar junto ou separado da BM, a verba a ser destinada aos bombeiros militares do Estado do RS, SEMPRE vai depender de decisões e vontades políticas.

Servi um ano no Corpo de Bombeiros da BM, no CCB (Comando do Corpo de Bombeiros) e, depois no 2º CRB (Comando Regional de Bombeiros), no ano de 2012. Foi uma experiência sensacional. Aprendizado que levarei por toda vida. Tropa muito qualificada, excelentes colegas de trabalho. Um ambiente que me conquistou o coração.


Major Aroldo Medina
Oficial da ativa da BM - 28 anos de serviço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário