sexta-feira, 7 de março de 2014

Patrulhas Táticas Especiais da BM: origem.

Em 1997 foi constituído um novo "pelotão embarcado", no Batalhão de Polícia de Choque da Brigada Militar, para atuar no policiamento ostensivo, com liberdade de manobra em toda cidade de Porto Alegre. O grupo foi denominado PATRES (Patrulhas Táticas Especiais). Contava com 30 homens experientes e seis viaturas Ford Versailles. Tive o privilégio de ser o seu primeiro comandante, como 1º tenente da BM.

Uma das principais ocorrências que fomos despachados para atender foi um assalto a banco, ocorrido na avenida Independência. Chegamos em três minutos. Os bandidos saiam da agência. 


Ao perceberem nossa presença, nos recepcionaram com uma "saraivada de balas". Respondemos ao fogo e, logo em seguida prendemos um. O outro se refugiou numa farmácia, fazendo a balconista de refém e, escudo humano. Também foi preso, depois de desarmarmos o criminoso, libertarmos a vítima e recuperarmos o dinheiro.

Aroldo Medina
Major da ativa da BM

Nenhum comentário:

Postar um comentário