quarta-feira, 20 de agosto de 2014

"Não vamos desistir do Brasil".

"Não vamos desistir do Brasil". Eduardo Campos, in memorian. Por que somente depois da morte percebemos a grandeza da sua vida e da sua obra?

Todas as revistas e jornais do país focam Eduardo. Quem tiver a disciplina de ler as reportagens na integra, terá uma aula inesquecível de história, democracia, patriotismo e cidadania. E, talvez até prestemos mais atenção nas eleições. No seu significado fundamental na vida de cada um de nós e, da nação brasileira.

Creio na vontade de Deus Pai e, em Seu Filho, nosso Senhor Jesus. Ele tem Eduardo, hoje, em sua Corte Celestial, envolto de luz. A fatalidade da sua morte precoce escalou Marina Silva, predestinada, para ser presidente da República do Brasil.


Aroldo Medina





Nenhum comentário:

Postar um comentário