segunda-feira, 24 de outubro de 2011

BM desvenda mistério de Santa Bárbara do Sul.


Uma "bola de fogo" tirou o sono de moradores de Santa Bárbara do Sul, no domingo de ontem a noite. O fenômeno não identificado até a manhã de hoje "provocou reboliço na cidade", de acordo com o tenente Marcos Antônio Leal Rodrigues, oficial da BM, 24 anos de serviço que comandou as buscas ao objeto incandescente, na madrugada.

Segundo o tenente Leal, as pessoas ligavam para a BM, assustadas, relatando um objeto voador não identificado. Há quem diga ter ouvido até um estrondo durante a trajetória do OVNI. O comandante da BM no município não vacilou, mobilizou sua guarnição, ao lado dos bombeiros e partiu, intrépido, sem temor, à "caça da bola de fogo", seja lá o que fosse. Sua missão era muito clara: proteger a sociedade do perigo desconhecido.

As pessoas, espavoridas, continuavam ligando e fazendo especulações: disco voador, monomotor em pane, desastre aéreo, destroço de satélite iam formando uma lista de possibilidades.

A imaginação popular se agigantava diante do desconhecido, enquanto o tenente e seus bravos perseguiam no campo e nas matas, o motivo da perturbação do sossego da pequena cidade. Como não encontraram nada, interromperam as buscas porque a noite teimava em esconder da milícia legendária, o "fantasma luminoso".

A luz do dia e a ação da Brigada Militar desvendaram o mistério oculto na noite. O tenente da BM, liderando sua patrulha, encontrou os destroços da bola de fogo. Era um artefato com vestígios de explosivos, acoplado a um pequeno para-quedas artesanal.

A noite é a metáfora do desconhecido. A imaginação humana pode transformar um vagalume, numa bola de fogo gigante e o simples roçar de um galho de árvore, no corpo de uma pessoa espavorida, se transformar na gélida garra da morte que se aproxima.

Mas lá esta a BM, incompleta, carente de melhorias, porém, o primeiro órgão público normalmente lembrado e acionado por todos, nas situações de emergência, simples e complexas, pronta para enfrentar o perigo, em qualquer situação, desvendar o mistério, restabelecer a paz e assegurar a ordem fundamental na vida de todos.

Aroldo Medina

Nenhum comentário:

Postar um comentário