segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Desfile Farroupilha




Participei do Desfile Farroupilha, hoje pela manhã, na avenida Beira Rio, em Porto Alegre. O primeiro convite para integrar o desfile, veio do senhor Salvador, patrão do Piquete Morandi a quem agradeço a gentileza da sua cordialidade.

Na avenida, enquanto aguardava os cavaleiros de camisa branca e lenço vermelho no pescoço, do piquete Morandi, fui saudado fraternalmente pelo major da reserva da BM, Euclides Filho, patrão do piquete Desgarrados da Cavalhada, com sede em Porto Alegre.

Como estava à pé, sem cavalo, integrei-me ao piquete Desgarrados da Cavalhada.

Ainda na concentração, conheci o jovem tradicionalista Benjamim Monteiro Torres Lovato, de nove meses, bem pilchado ao lado de seus pais, o Fabiano e a Carolina. Antes de iniciar a marcha, posei ao lado de nobres capitães da Brigada.

Desfilei com o uniforme "Aba Larga", modelo 1955, usado pela cavalaria brigadiana, nos primeiros regimentos da corporação, na década de 50 quando foi oficializado o policiamento rural montado da Brigada Militar.

O coração bateu mais forte ao ingressarmos na zona onde os portoalegrenses se concentravam para assistir o desfile. Cordialidade de ambos os lados, as palmas e os cumprimentos das pessoas, abasteciam de emoção os gaúchos e as gaúchas que desfilavam em homenagem a data farroupilha.

Entre um passo e outro, abanando para todos, ouvia vez ou outra um grito ecoar na multidão: "- Dá-lhe Medina, governador!" Uma deferência especial que ficará para sempre gravada em minha memória.

Viva a Revolução Farroupilha! Minha continência a todo povo gaúcho. Que possammos juntos fazer reviver os ideais de antanho, nos dias de hoje, especialmente na política, com mais honra e coragem. Um grande abraço a todos,

Aroldo Medina

Nenhum comentário:

Postar um comentário