terça-feira, 22 de novembro de 2011

Cultura organizacional: rito de passagem PM.


Assinei hoje, pela primeira vez em minha carreira na BM, o Boletim Interno de uma Unidade Operacional da Brigada.

É um momento marcante na vida de um oficial, pois, representa, um rito de passagem policial militar de uma função de comando intermediário para uma função de comando maior. É também um sinal de amadurecimento ou antiguidade do oficial dentro da corporação.

O Boletim Interno é uma publicação oficial das Organizações Militares onde são registrados os principais atos administrativos do quartel e a vida funcional de todos seus integrantes. Quem assina regularmente é o comandante da Unidade.

Estou trabalhando no 3º Batalhão de Polícia Militar, em Novo Hamburgo (RS), onde exerço a função de sub-comandante. Como o comandante viajou semana passada, trabalhando num projeto ligado a produção de coletes à prova de balas, exerci interinamente o comando da Unidade, o que gerou o ato administrativo que culminou na assinatura de dois Boletins Internos, de números 175 de 14/11/11 e 176 de 16/11/11.

É um marco na carreira de ascensão do oficial, a funções de grande responsabilidade administrativa.

Major Aroldo Medina

2 comentários:

  1. Dá-lhe, brother! Meus parabéns! EL Cohen

    ResponderExcluir
  2. Trimestralmente eu também assino o Boletim....dos meus filhos no colégio!!!
    Brincadeiras à parte, parabenizo o amigo pelo ato realizado, pois se reveste de grande importância no mundo jurídico, haja vista que os atos administrativos constantes nesse importante documento oficial, criam e/ou extinguem direitos às pessoas nele contempladas.

    ResponderExcluir