quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Polícia Militar prende Chefão do Tráfico no RJ


Rodrigo Pimentel, comentarista de segurança pública da Rede Globo, atribui a prisão de Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, Chefão do tráfico da Rocinha no RJ, a atenção e honestidade do policial militar que observou um carro nas imediações da Rocinha, com o porta-malas rebaixado, onde estava escondido o traficante. O detalhe levantou a suspeita de um nobre soldado do batalhão de Polícia de Choque do RJ que abordou o automóvel preto. Os tripulantes do veículo tentaram despistar os PMs dizendo que o carro não podia ser revistado, pois, era um carro oficial, diplomático. Não colou. Ai tentaram comprar os PMs. Se deram mau de novo, os PMs eram honestos!

Assistindo a reportagem da TV Globo nesta manhã, emocionei-me com o grito de guerra do soldado do Choque, comemorando a prisão, pois, despertou em minha memória, a lembrança do testemunho de um soldado do Batalhão de Polícia de Choque da BM que durante minha campanha ao governo do Estado do RS, disse-me que cada vez que o Choque da BM, prendia um bandido, os soldados gritavam: "- Força e Honra"! Com esta frase, assinava o final dos 45 segundos que o PRP dispunha na TV para propaganda eleitoral, nas eleições de 2010.

E para completar, sem fugir ao contexto do caráter que a matéria inspira, minha filha Natália, me dizia que seus colegas do colégio se despediam no final das aulas, no segundo semestre de 2010, dizendo: "Fique com Deus no coração"!

Quem diz que não ganhamos?!

Aroldo Medina

Nenhum comentário:

Postar um comentário