sexta-feira, 30 de março de 2012

O trabalho na Casa de Dom Inácio de Loyola.


O atendimento na Casa de Dom Inácio de Loyola, quartel general do médium João de Deus, em Abadiânia (GO) começa às oito horas da manhã, de acordo com agenda previamente anunciada no site da Casa.


Os obreiros recepcionam os visitantes que ocupam lugares sentados e de pé num grande salão, onde se vê quadros dispostos nas paredes, de imagens das entidades espirituais que trabalham na casa, onde Jesus é destaque.

No ambiente sério, limpo e bem organizado, as cores azul e branco, predominam, criando uma atmosfera de paz. Os visitantes são orientados a usar roupas brancas, preferencialmente, durante a permanência na Casa de Dom Inácio de Loyola.

A saudação é feita em inglês, alemão e português, pois, é grande o número de cidadãos de países da Eupora, América do Norte e Oceania, ao lado de brasileiros.


Os colaboradores voluntários da equipe do médium João de Deus palestram aos visitantes sobre a doutrina espírita, enquanto são organizadas filas de atendimento, no período da manhã (das 08:00 às 12:00 horas) e da tarde (das 14:00 às 17:30 horas).

Todos são atendidos gratuitamente pelo médium João de Deus.

A Entidade incorporada pelo médium determina aos obreiros, a ordem das filas. Normalmente, são atendidos aqueles que vêm ao lugar pela primeira vez; "fila da 1ª vez".

Outras filas são organizadas. Recebem a denominação de: “fila de cirurgia”, destinada às pessoas que serão operadas espiritualmente pela Entidade; “fila de revisão de cirurgia”, para pessoas que já foram operadas pela Entidade; “fila da 2ª vez”, dirigida as pessoas que estão ali pela segunda vez. Na fila da segunda vez também entram as pessoas que procuram o médium pela terceira vez e assim sucessivamente. Tem também a “fila das oito horas” da manhã e “fila das 14 horas” da tarde, organizadas a partir do segundo dia de atendimento pelo médium. Finalmente, no terceiro dia é organizada a “fila do bye bye”, para as pessoas que desejam se despedir do médium João de Deus. Ao todo são sete filas distintas, nos três dias de atendimento.

Aroldo Medina

Nenhum comentário:

Postar um comentário