terça-feira, 8 de junho de 2010

Instrução de tiro na BM





Fomos convocados hoje, pelo nosso diretor do DLP (Departamento de Logística e Patrimônio) da BM, coronel Carlos Frederico Azevedo Hirsch, para uma instrução de tiro, nas instalações do Centro de Manutenção de Material Bélico da Brigada, localizado junto à Academia de Polícia Militar, em Porto Alegre (RS).

Os oficiais do DLP treinaram sua pontaria sob a orientação técnica dos instrutores de tiro do CMB, mirando nos alvos da Linha de Tiro da BM, à curta e média distância. O tenente-coronel Ângelo, chefe do Centro de Manutenção de Moto Mecanização da BM, foi o oficial com melhor aproveitamento de tiros agrupados no alvo, dentro do espaço delimitado pelo instrutor.

Na ocasião, tive a oportunidade de treinar o cérebro e calibrar os músculos do corpo, mobilizados para empunhar o armamento que pude manusear nesta qualificada instrução. Atirei com a pistola calibre ponto quarenta e com um novo armamento adquirido pela BM, para combater o poder de fogo de inimigos da sociedade, como os ladrões de banco. Experimentei e aprovei a carabina CT ponto 30 da Taurus. Arma muito estável e com boa capacidade de fogo e grande poder de perfuração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário