sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Farsul e países árabes




Segunda-feira, dia 17 de agosto de 2009, às 11 horas da manhã, levei a delegação de investidores de países árabes até a sede da FARSUL, em Porto Alegre. Após assistir em Canoas, palestras dos investidores árabes, num seminário de integração cultural e econômica, realizado na Câmara de Vereadores de Canoas, no auditório da Secretaria Municipal da Cultura e no Canoas Parque hotel, dias 13 e 14 de agosto, percebi a importância de viabilizar um encontro entre os líderes árabes muçulmanos e os dirigentes da FARSUL (Federação da Agricultura do Estado do RS).

Carlos Rivaci Sperotto, presidente da FARSUL foi super acessível. Marcou o encontro de imediato. A reunião iniciou um processo de integração econômica e cultural entre os atores presentes. Os árabes muçulmanos foram muito objetivos: querem fazer negócio com os gaúchos depois de ouvir o presidente da FARSUL e assistir um documentário sobre a organização da Federação da Agricultura. Chamou-lhes a atenção o interesse que perceberam da Prefeitura de Canoas e dos dirigentes da FARSUL. Querem comprar de nós cereais e carne.

Entre os grãos preferidos está o milho, o trigo e a soja. Manifestaram interesse também em nossa carne e podem até construir um novo frigorífico no Estado do RS. Segundo os líderes árabes, Canoas tem a preferência pela determinação do prefeito Jairo Jorge e sua equipe, em trazer o investimento para a cidade.

Após a reunião administrativa, a FARSUL ofereceu um almoço à delegação árabe, marcado pela hospitalidade gaúcha, excelente qualidade da comida servida e o congraçamento entre os participantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário