sábado, 14 de agosto de 2010

Debate na Band: elogios e críticas no twitter.


Recebi através do meu coordenador de campanha ontem, uma expressiva coletânea de elogios e críticas, postadas no twitter, depois de minha participação do debate dos candidatos ao governo do RS, na TV Bandeirantes, dia 12 de agosto, 22 horas.

Todos os elogios e críticas que chegaram ao meu conhecimento pelo twitter ou por qualquer outro meio de comunicação são sempre bem vindos. Colaboram em minha educação.

Sobre os elogios, encorajam-me nessa caminhada cheia de obstáculos a vencer e, todo o valor que as pessoas me atribuem com suas generosas palavras, divido com elas, pois, só são reconhecidos no outro, o valor existente em si mesmo.

Sobre as críticas, como todo ser humano não sou perfeito. Procuro me aperfeiçoar como homem, diariamente. Estou sempre aberto ao diálogo e atento ao que as pessoas me dizem. Também cuido para não me precipitar em julgamentos, antes de procurar compreender uma pessoa e, tenho consciência de que por mais que eu me esforçe, jamais poderei agradar a todos.

Por fim, peço licença para registrar junto as pessoas que foram mais contundentes nas críticas, sugerindo que eu sou um homem agressivo e que se eu pudesse "mataria todos os bandidos", esclareço que em 25 anos de carreira policial militar, jamais cometi uma única arbitrariedade ou violência contra aqueles que infringiram a lei que deveriam respeitar.

Todos os bandidos que enfrentei e prendi, até mesmo os que me receberam "à bala", foram levados ao Poder Judiciário a quem compete julgá-los e aplicar a pena que merecem.

Aroldo Medina.

2 comentários:

  1. Vivemos numa sociedade que tem a liberdade de expressar sua opinião. Isso se chama democracia. Muitos podem ter conclusões diferentes sobre determinado assunto.

    Concordo com o meu pai que as críticas sempre são bem vindas para aquelas pessoas que sabem ouví-las, pois, quando sinceras, normalmente, nos tornam pessoas melhores. O ser humano está em estado de evolução permanente.

    Sobre a agressividade que uns disseram ter visto no meu pai, na verdade é austeridade própria de um militar com 25 anos de serviço, muito sério e íntegro.

    Também já vi ele no exercício da sua profissão dizer várias vezes para os seus alunos e comandados que eles devem ser nas ruas, soldados da paz e da democracia.

    Li no Twitter uma postagem muito interessante que pode ser interpretada de diversas maneiras. Ela dizia assim: "- O Montserat é a flor e o Medina, o espinho". Interpretei esta frase como algo bom, pois, a rosa, uma flor tão bela, encanta os olhos de quem a vê, pela beleza da sua forma e do próprio significado das flores, sempre ligadas ao amor. Porém, na rosa há espinhos e estes espinhos estão ali com a missão de protegê-la.

    A missão do meu pai é proteger a sociedade, como um espinho faz com a rosa.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei muito orgulhoso quando constatei que meus filhos adolescentes haviam se reunido com amigos pra assistir o debate na Banddeirantes. O motivo foi para analisar o candidato Medina. Os comentários, entre eles, foi de que o mais que mostrou energia e vontade de governar o Rio Grande foi AROLDO MEDINA. O interessante é que para candidato eles tinham uma opinião formada. Parabéns por sua postura e continue assim.
    Marco

    ResponderExcluir