segunda-feira, 3 de maio de 2010

PRP 44


Estava trabalhando no meu posto de Comando no DLP (Depto de Logística e Patrimônio) da BM quando tocou meu telefone celular. Eram oito horas da noite. Não reconheci o número que me ligava. Atendi o telefone e fiquei surpreso ao reconhecer a voz do coronel Sílvio Dadia Sampaio, no outro lado da linha.

"- Tudo bem contigo? Medina." Disse o coronel Sampaio, em tom amistoso. "- Tudo bem! Coronel". Respondi espontaneamente. "- Estou com um grupo que quer falar contigo, Medina... Podemos marcar um encontro?" "- Claro coronel. A hora que o senhor desejar".

Trinta minutos depois, estava na 24 de outubro, em Porto Alegre, reunido com um grupo de coronéis do Exército, Aeronáutica e BM, ao lado de representantes de nossa querida comunidade civil. Todos, integrantes do Movimento Verde Amarelo.

O Movimento Verde Amarelo reúme brasileiros, civis e militares, da ativa e da reserva que acreditam no desenvolvimento da democracia brasileira, sem achar brega demonstrar vivo amor à pátria e, que ser honesto e ter caráter em todas ocasiões da vida em sociedade, não está fora de moda.

Depois de uns minutos de conversa de reconhecimento mútuo e boas vindas, os lideres presentes na reunião, sob o comando do coronel Sérgio Fett Sparta de Souza, pré-candidato à deputado federal, disseram que haviam assumido o PRP (Partido Republicano Progressista) no RS e, dispararam: "- Medina, te chamamos aqui porque queremos que tu sejas nosso candidato à governador do Rio Grande do Sul, nas próximas eleições".

Honrado pelo distinto convite, passamos a conversar sobre o cenário das eleições de 2010, no RS e no Brasil. Relatei aos líderes que estava sendo estudado pelo Democratas no RS, para ser seu candidato ao Senado, na coligação com o PTB. Sugeri ainda que estudassem a possibilidade de uma coligação com o PV (Partido Verde) no RS, apoiando seu candidato à governador e indicando um candidato ao senado, pois, os Verdes, com a candidatura de Marina Silva à presidência da República, tendem a aumentar sua representatividade política no Brasil.

Acharam a idéia interessante e ficaram de analisá-la, com os demais integrantes do partido, em pré-convenção marcada para o próximo dia 14 de maio, em Porto Alegre, porém mantendo sua disposição de lançar um candidato à governador, caso esta aliança não seja possível.

REPUBLICANOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário